Secretário da Saúde afirma que São Paulo pode ter mais de 3 mil mortos por coronavírus em maio

De acordo com o Governador João Dória, a quarentena no estado vai ser flexibilizada com abertura progressiva do comércio a partir do dia 11 deste mês. Na manhã desta quarta-feira, 22 de abril, o governo do estado apresentou como irá estruturar este processo de retorno às atividades

Resumo da Notícia

  • São Paulo apresenta 1.093 mortes por covid-19 até agora
  • A previsão é de aumento significativo no número de vítimas
  • Até 3 de maio deve chegar a mais de 3 mil mortos
João Dória anunciou as novas medidas para o Estado de São Paulo (Foto: reprodução / vídeo)

Na última quarta-feira, 22 de abril, em uma coletiva de imprensa o Secretário de Saúde do estado de São Paulo, José Henrique Germann, afirmou que de acordo com as estáticas, até dia 3 de maio, vamos alcançar a marca de 3 mil mortos por coronavírus só no estado. Até agora, de acordo com as informações fornecidas, já são 1.093 vítimas. 

-Publicidade-

São Paulo atualmente tem 15 mil pessoas contaminadas, sendo 6 mil delas internadas em estado grave, e é o epicentro da doença no Brasil. A contagem significa que as autoridades acreditam em 159 mortes por dia. “Nós esperamos que, com a eficiência das nossas terapias, mantemos um nível um pouco abaixo, de pessoas curadas e sobreviventes da epidemia”, afirmou João Dória, sobre a flexibilização da quarentena dia 11 de maio, com a abertura progressiva do comércio, durante coletiva de imprensa.

-Publicidade-
-Publicidade-