Gravidez

Entenda porque muitas mulheres sofrem de hemorroida no pós-parto

Cerca de 20% das mães de primeira viagem passam por isso

Logo-Parents (1)
Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

Cerca de 20% das mães de primeira viagem passam por isso (Foto: Getty Images)

Cerca de 20% das mães de primeira viagem passam por isso (Foto: Getty Images)

Se você acha que após o seu filho nascer você dirá adeus às dores, a gente está aqui para te informar que na verdade não será bem assim. Calma! O momento do pós-parto é incrível, já que você finalmente consegue ter seu bebê no colo, mas, infelizmente, você pode sofrer com hemorroidas nessa fase.

Mesmo se você teve sorte o suficiente para escapar da hemorroida enquanto estava grávida, essa condição pode aparecer mesmo depois do parto. Cerca de 20% das mães de primeira viagem passam por isso.

A hemorroida, doença que causa desconforto e sangramento por conta das veias inchadas e inflamadas no ânus ou reto, acontece por conta da tensão sofrida pela mulher na hora do parto. Os sintomas incluem inchaço, desconforto, comichão ou, nos casos mais graves, dor aguda ou sangramento ao fazer cocô.

Mas calma, há muitas formas que curam e diminuir as hemorroidas. Tratamentos e almofadas podem acalmar as dores, mas você também deve aumentar a quantidade de fibra (feijão, farelo e cereais integrais) que você consome, além de beber muita água e tomar probióticos. Isso ajudará as fezes a se moverem de forma mais suave, facilitando a pressão da área.

Alguns suplementos de fibra e amaciadores de fezes também podem funcionar bem. Mas se as hemorroidas persistirem por mais de 2 semanas, consulte o seu médico.

Leia também:

6 reações que seu corpo pode ter no pós-parto

Sem tabu! Mulheres grávidas estão mais suscetíveis a ter hemorroidas

Seu filho tem intestino preso? A solução pode estar na alimentação