Mãe dá à luz em frente aos elevadores ocupados de hospital nos EUA

Grávida de seu terceiro filho, Julie Ann correu para a maternidade quando percebeu que estava tendo contrações. Ela não chegou, no entanto, na sala de parto

Resumo da Notícia

  • Prestes a dar à luz, Julie An correu para o hospital
  • A mãe chegou no hospital um minuto antes das contrações ficarem sérias
  • Pelo nível das contrações, Julie não chegou a tempo à sala de parto e deu à luz na frente dos elevadores
  • Um fluxo de pessoas saíram do elevador e deram de cara com Julie em trabalho de parto

Quando se descobre que está grávida, logo começa os 9 meses de preparação para o tão esperado dia do parto. São inúmeras maneiras de dar a luz ao seu bebê: cesária, parto normal, parto humanizado, e por aí vai. Apesar de tantas preparações e escolhas, pode ser que, na hora H, as coisas não aconteçam como o esperado. O parto de Julie Ann, nos Estados Unidos, com certeza não foi como ela esperava.

-Publicidade-

Grávida de seu terceiro filho, Julie Ann correu para o hospital quando percebeu que estava tendo contrações. A mãe conseguiu chegar ao local apenas quando suas contrações estavam há um minuto de ficarem mais sérias. Ela não chegou, no entanto, na sala de parto. Ou na maternidade. Ou no elevador.

Mãe dá à luz na frente de elevador no hospital (Foto: reprodução 7News)

Julie Ann deu à luz em frente aos movimentados elevadores do Hospital Epworth Freemason, em Melbourne, com a ajuda de algumas parteiras brilhantes e o obstetra, que chegaram bem a tempo.

-Publicidade-

Com o horário de visita prestes a terminar, o elevador transportou um fluxo de pessoas até o nível em que Julie Ann estava dando à luz. As pessoas ficaram perplexas ao saírem do elevador e darem de cara com uma mulher em plena agonia do nascimento (E um pouquinho mais tarde, com a visão um pouco bagunçada de um corpo recém-nascido)

 “Você não espera que o elevador se abra e veja uma mulher com a cabeça erguida”, Julie Ann riu ao falar com o portal 7News. 

Também em entrevista ao portal 7News, o obstetra de Julie, Dr Grant Saffer, disse que quando um bebê decide que é o seu momento de nascer, ele irá nascer. “Não há nada que você possa fazer. Apenas ter o bebê naquele momento e naquele lugar.”, falou.