Mitos e verdades sobre os sintomas de gravidez de menina

Você com certeza já ouviu alguma superstição sobre os sintomas de gravidez e o possível sexo do bebê – entre a ciência e os ditados populares, desvendamos o que é mito e o que é verdade!

Resumo da Notícia

  • O que os sintomas de gravidez podem dizer sobre o sexo do bebê, de acordo com os contos populares
  • Cientistas realizaram pesquisas para comprovar as teorias
  • Os métodos mais assertivos continuam sendo os exames laboratoriais e ultrassom

A gestação é um período de muitas emoções, e especialmente, de grande ansiedade para saber o sexo do bebê. Mas a questão é: há possibilidades de saber se é menina ou um menino através dos sintomas da gravidez? A maioria dos especialistas concordam que não existe muita verdade na maioria dos contos que circulam por aí. Mas isso não significa que você não possa se divertir tentando adivinhar!

-Publicidade-

A revista Parents listou algumas maneiras para descobrir o sexo da criança, de acordo com os contos populares. No entanto, há também opiniões de especialistas médicos sobre o assunto. Hora de ver o que é mito e o que é verdade!

Menino ou menina?
Menino ou menina? Mitos e verdades que os sintomas da gravidez pode revelar (Foto: Getty Images)

Estômago alto

Há histórias que demonstram que isso pode revelar o sexo do bebê. No entanto, estar com o estômago alto é significado de indigestão. De acordo com, Kameelah Phillips, ginecologista e obstetra da Calla Women’s Health, centro médico em Nova York, relatou que não significa estar grávida de uma menina: “Isso depende da posição do bebê dentro do útero, a quantidade de gestações anteriores, quanto de peso que a mãe está ganhando – tudo isso altera a aparência da barriga”.

Parceiro ganhando peso

Se seu parceiro está ganhando peso junto com você, de acordo com os contos, existe uma boa chance de estar grávida de uma garota. Segundo a dra. Philips, embora o aumento de peso seja algo real, não há nenhuma associação com o sexo do bebê – embora muitos homens tenham, assim como as companheiras, sintomas de gravidez ao longo da gestação.

Acne na gravidez

Ainda de acordo com os contos populares, grande quantidade de acne na gravidez pode significar que está vindo uma menina por aí! É muito comum ouvir que, nesses casos, a menina está “puxando a beleza da mãe”. No entanto, especialista também se opõe a essa opinião, afirmando que acnes e ganho de peso, são comuns durante a gestação, independente do sexo do bebê. Saiba mais sobre acne na gravidez e como tratar o problema.

Enjoo matinal intenso

Mulheres grávidas, em geral, tem uma grande chance em ter enjoos constantes. Mas estudos recentes afirmam que mulheres grávidas que sofrem de náuseas e vômitos têm maior probabilidade de ter meninos. No entanto, o fato ainda está sendo apurado por cientistas. Veja como aliviar os enjoos matinais durante a gestação de uma maneira simples.

Desejo frequente de doces

“Doce, tempero e tudo o que há de bom! Estes foram os ingredientes escolhidos para criar as garotinhas perfeitas”. Se os desejos na gravidez estão de acordo com este poema, é provável que esteja grávida, enquanto desejos de salgados ou salgados podem ser mais indicativos de um menino.

O Dr. Philips afirmou que não existe verdade nesse mito popular: “Costuma-se dizer que ter uma queda por doces é uma indicação de que uma garotinha está chegando. Isso é consistente com as associações culturais com ‘garotinhas doces’. No entanto, não existe uma relação direta entre ter um dente doce e o sexo do bebê”, disse.

Urina muito amarelada

Existem muitos testes caseiros que afirmam dar uma pista sobre o sexo do bebê com base em como a urina reage a diferentes substâncias. E há um conto que indica que urinas de cores mais vivas significam a vinda de uma menina. “A cor do xixi varia ao longo do dia e tem muito mais a ver com hidratação, infecção, vitaminas e dieta, do que qualquer outra coisa”, explica a médica. “Não há relação entre a urina e o sexo do seu bebê”, acrescentou. Apesar disso, muita gente faz o teste por brincadeira – veja aqui alguns que você pode testar em casa.

Bebê com frequência cardíaca alta

Se você teve a chance de ouvir os batimentos cardíacos do seu bebê, então sabe como é incrível! Mas isso pode indicar alguma dica para o gênero dele? De acordo com os contos populares, o sexo masculino costuma ter uma frequência cardíaca de 140 batimentos por minuto, enquanto o das garotas, um pouco mais do que isso. Embora algumas fontes sintam que há alguma verdade nesse assunto, estudos recentes não foram capazes de encontrar alguma relação conclusiva.

O que a ciência diz?

A ansiedade para descobrir o sexo do bebê é grande e sabemos o quanto podemos nos divertir com os contos populares. No entanto, vamos colocar as velhas histórias de lado e entender o que cientistas dizem a respeito do assunto:

Triagem NIPT: Por volta da décima semana de gravidez, a gestante terá uma oferta de triagem genética abrangente: um teste pré-natal não invasivo (NIPT), um exame de sangue para detectar qualquer anormalidade no feto. O sexo da criança será incluído no relatório do exame fornecido pelo médico.

Exame Translucência Nucal (TN): A outra opção para saber o sexo do bebê é no exame translucência nucal, por volta da décima segunda semana de gestação. Isso é um ultrassom completo, geralmente feito em combinação com o exame de sangue NIPT, que rastreia diferentes marcadores de síndrome de Down, trissomia 13, 18 e outras anormalidades cromossômicas.

Ultrassom: O ultrassom ocorre entre a décima oitava e vigésima segunda semana de gestação. as semanas 18 e 22 de sua gravidez. Nela, haverá uma visão mais detalhada de cada centímetro da criança. E, na maioria dos casos, já é possível descobrir o sexo do filho.