Tampão mucoso: entenda o que é, como saber se já saiu e os sinais do início do trabalho de parto

Você sabia que ele pode proteger o bebê de diversas bactérias e microrganismos? Veja a importância dele para a gestação e como reconhecer quando ele, de fato, sair

Resumo da Notícia

  • Entenda o que é o tampão mucoso
  • Saiba a importância dele para a gravidez e proteção do bebê
  • Veja o que acontece após ele sair

Ao longo da gravidez, o corpo da mulher passa por diversas mudanças, principalmente nos primeiros meses, quando várias substâncias são produzidas para evitar que bactérias e outros microrganismos possam chegar até o útero e atrapalhar a gestação de alguma maneira. Uma delas é a produção do tampão mucoso, presente no canal vaginal, e que fecha o colo do útero até o momento em que o bebê esteja pronto para vir ao mundo sem nenhum risco.

-Publicidade-
Entenda o que significa a saída do tampão mucoso (Foto: iStock)

Podendo acontecer a partir da 37ª semana, a saída do tampão mucoso pode ser considerado um marco da proximidade do final da gestação, identificando que o trabalho de parto ocorra entre alguns dias ou semanas. Segundo o obstetra e ginecologista Igor Padovesi, pai de Beatriz e Guilherme, e colunista da Pais&Filhos, o tampão mucoso possui um “aspecto de secreção, que pode ou não vir acompanhado com um pouco de sangue”, explica. O médico reforça ainda que é superimportante que as grávidas “saibam reconhecer quando, eventualmente, elas perderem o tampão”.

Além dessas características, o tampão mucoso pode também vir inteiro ou em pedaços, ter textura de clara de ovo, gelatina amolecida ou firme e vir transparente, embranquecido, amarelado, avermelhado ou em tons terrosos por conta do sangue.

Mas afinal, o que é o tampão mucoso?

Durante a gestação, o colo do útero costuma ser longo para proteger o bebê, mas antes do trabalho de parto, vai sofrendo um processo de afinamento e amolecimento. “O interior do canal tem glândulas que possuem um certo muco, então, o tampão nada mais é do que uma ‘rolha’ de muco que preenche o interior do colo e, nessas últimas semanas, antes do trabalho de parto, quando há o afinamento do colo, ele pode sair”, explica Igor Padovesi.

E depois que ele sair?

Calma, não precisa se desesperar! Após a saída do tampão, é importante ficar atenta a outros sinais, como, por exemplo, o rompimento da bolsa ou ainda as contrações frequentes e regulares. Vale lembrar que não indica necessariamente que o trabalho de parto irá começar (podendo levar até três semanas), mas sim o início em breve das contrações.

Saiba quando você precisa procurar por um especialista (Foto: iStock)

Meu tampão mucoso saiu antes do tempo. E agora?

Apesar de parecer um sinal de problema, significa apenas que o corpo está se adaptando às mudanças e poderá produzir em breve um novo tampão para proteger o útero. Portanto, no momento de desproteção, é importante informar ao obstetra para avaliar se pode existir algum tipo de risco à gravidez.

Para os casos da saída do tampão no segundo trimestre da gestação, também é recomendado a procura por um especialista, pois pode existir a possibilidade do risco de um parto prematuro antes das 37 semanas.