Virgínia Fonseca muda de visual e desperta dúvida: grávidas podem pintar o cabelo?

A youtuber está esperando a primeira filha ao lado do noivo, Zé Felipe, e aproveitou para tingir as madeixas

Resumo da Notícia

  • Virgínia Fonseca está grávida do noivo Zé Felipe
  • A youtuber gerou uma discussão ao passar por uma descoloração dos fios e clarear um pouco mais o tom das madeixas
  • Afinal, grávidas podem ou não pintar o cabelo?

Virgínia Fonseca, que está grávida do noivo Zé Felipe, aproveitou a quinta-feira, 11 de fevereiro, para mudar o visual e compartilhar o resultado nas redes sociais. A youtuber, entretanto, gerou uma discussão ao passar por uma descoloração dos fios e clarear um pouco mais o tom das madeixas. Afinal, grávidas podem ou não pintar o cabelo?

-Publicidade-
Virgínia Fonseca pintou o cabelo durante a gravidez (Foto: Reprodução / Instagram / @virginia)

Nos comentários, não faltaram elogios para a aparência da futura mãe, mas logo uma das seguidores perguntou: “Linda, mas pode descolorir o cabelo grávida?”. A dúvida foi compartilhada por várias outras internautas. “Mas você fez química? Pensei que não podia”, “Pensei a mesma coisa”, escreveram.

Virgínia Fonseca está grávida de Zé Felipe (Foto: Reprodução / Instagram / @virginia)

A “polêmica” foi respostada em uma página de notícias do Instagram, a Gossip do Dia, onde a própria Virgínia deixou um comentário dizendo que foi liberada para o procedimento. “Minha obstetra me autorizou desde que não encostasse na raiz e se fosse tinta sem amônia. Se repararem, as únicas duas mexas que puxei na frente não encosta na raiz”, explicou.

Virgínia comentou sobre o procedimento durante a gravidez (Foto: Reprodução / Instagram / @gossipdodia)

Grávida pode pintar ou descolorir o cabelo?

Afinal, grávida pode tingir o cabelo?

Uma coisa que toda grávida escuta é: não pode pintar o cabelo. Isso porque a maioria das tinturas para cabelo possuem amônia, que pode causar problemas para o bebê e para a mãe. Embora não exista um estudo que comprove os malefícios que a amônia pode causar durante uma gestação, o melhor é não arriscar e evitar esses produtos. Por isso, para quem não quer passar os 9 meses da gestação sem pintar os cabelos, existem marcas que podem substituir as comuns, que são tinturas mais leves e não possuem amônia.

Apesar do assunto ser bastante polêmico entre ginecologistas e obstetras, ainda não há divergências sobre os cuidados nesta fase, portanto o melhor é sempre conversar com seu médico e cabeleireiro para seguir todas as orientações corretamente. Lembrando que na maioria das vezes os médicos só liberam depois do segundo trimestre de gravidez.

Além da amônia, também deve-se evitar o uso de produtos que contenham chumbo ou formol em sua composição (como os usados nas escovas térmicas). Uma boa alternativa são os xampus tonalizantes e escovas relaxantes à base de carbocisteína. Reflexos com distância de 1 centímetro de distância do couro cabeludo também podem ser feitos. Se você está grávida e quer tingir o cabelo, confira aqui nossas sugestões de colorações.