Caso Ísis Helena: mãe dá detalhes sobre morte da filha e afirma sentir medo da família do pai

Jenifer Natália deu um novo depoimento à polícia na quarta-feira, 22 de abril, e contou que apenas escondeu que a menina teria vindo à óbito

Resumo da Notícia

  • Ísis Helena tinha um ano e 10 meses
  • A mãe afirmou que não matou a filha, mas que participou da ocultação do corpo
  • Ela deu um novo depoimento à polícia
  • A mulher mostrou onde teria deixado a menina quando ela não acordou mais
Ela tinha 1 ano e 10 meses (Foto: reprodução / Instagram @caso_isis_hellena)

Jennifer Natália Pedro, que está presa temporariamente pela morte da filha, Ísis Helena, de um ano e dez meses, deu um novo depoimento à polícia, após confessar sobre ter conhecimento do óbito da menina. De acordo com informações da Record TV, a mulher sentiu medo porque a família do pai “vivia fazendo denúncias mentirosas no Conselho Tutelar, dizendo que batia nela”.

-Publicidade-

Quando viu que a criança não estava bem, afirmou que pensou em chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas ficou receosa. Na manhã desta quinta-feira, 23 de abril, a polícia voltou a procurar pelo corpo de Ísis no rio do Peixe, Itapira, interior de São Paulo. Por causa da correnteza forte, o trabalho tem sido atrapalhado diante dos 10 quilômetros de extensão das águas.

A mãe está presa temporariamente (Foto: reprodução / Instagram @caso_isis_hellena)

Quando viu a filha morta, Jenifer afirmou que ficou desesperada, mas não teve culpa pelo óbito. De acordo com ela, no depoimento, participou apenas da ocultação do corpo de Ísis. A mãe disse ainda que a menina estava com febre e deu uma quantidade maior que a recomendada de remédios para ela. Depois disso, a criança nunca mais acordou.

-Publicidade-

Assustada, Jenifer teria colocado o corpo da filha dentro de o uma mochila de deixado às margens do rio do Peixe. À polícia, ela indicou a localização exata de onde teria deixado a menina, que ainda não foi encontrada. As investigações foram retomadas e a área da mata e ao redor do rio também serão vasculhadas.

-Publicidade-