Grávida é encontrada morta em árvore após família desabafar possível motivação da tragédia

Tshegofatso Pule, de 28 anos, estava desaparecida desde sexta-feira, 5 de junho, e chocou o país quando foi achada apenas na segunda-feira, 8 de junho

Resumo da Notícia

  • Tshegofatso Pule estava grávida de 8 meses
  • O relacionamento dela com o namorado não estava indo bem
  • O corpo da jovem de 28 anos foi encontrado em uma árvore
  • Os internautas pediram justiça pela vida dela nas redes sociais
A família da jovem contou que o relacionamento com o namorado não ia bem (Foto: reprodução / Facebook)

Na última segunda-feira, 8 de junho, uma mulher, que estava grávida de oito meses, foi encontrada morta pendurada em uma árvore. A família notou o desaparecimento de Tshegofatso Pule, de 28 anos, após ela não atender o celular entre sexta-feira e domingo.

-Publicidade-

A família informou ao New York Daily News que ela havia saído de casa para encontrar o namorado, mas nunca mais voltou. Um parente da vítima contou, que a viu entrando no Uber chamado pelo homem, e que sabia que o relacionamento não estava muito bem.

Ela estava esperando pelo primeiro filho (Foto: reprodução / Facebook)

Um dos vizinhos de Tshgofatso ficou em choque quando a encontrou em uma árvore em Roodepoort, na África do Sul. “Não podemos especular sobre o que levou à morte dela, mas sabemos que as coisas não estavam bem com o namorado”, explicou uma fonte próxima.

-Publicidade-

Pelo Twitter, os internautas mostraram indignação pela hashtag #JusticeForTshego e pediram justiça pela vida de Tshegofatso Pule. A polícia ainda não indicou nenhum suspeito para o caso, que segue em investigação.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-