Notícias

Homem é investigado após mandar esposa pagar multas para que ela “aprendesse a ser mãe”

O caso aconteceu no Piauí

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

A mãe tinha que pagar multas para o marido (Foto: Getty Images)

Um policial federal do Piauí está sob investigação por ser suspeito de violência física, moral, psicológica e patrimonial. De acordo com o G1, a denúncia foi feita na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher do Centro de Teresina, pela esposa do agente.

A delegada responsável pelo caso, Vilma Alves, conta ao portal que a mulher era humilhada e agredida pelo marido e, além disso, era obrigada a pagar multas para aprender a ser mãe. Questionado em depoimento, o marido confirmou o caso.

A delegada disse ao G1 que as multas tinham que ser pagas em dinheiro e que começaram a surgir há 2 anos, quando o casal se casou e tiveram um filho. Os valores iam de 20 até 50 reais. No depoimento, o homem confessou que o objetivo das multas era que “a esposa aprendesse a ser mãe e soubesse como a vida funciona”.

“Ele acha que ela não tem responsabilidade e ela tinha que pagar multas se banhasse o bebê e a água respingasse em algum móvel, se deixasse a salada na mesa”, disse Vilma ao G1. A delegada acrescentou que a mulher está com o psicológico muito abalado porque as ações do marido foram além do abuso emocional.

“Quando ela chegou na delegacia para fazer a denúncia, estava muito abalada e chorando muito. Os abusos iam além das multas. Ele já expulsou ela de casa, não deixava ela sair com a criança“, conta. “Se ela fosse sair sozinha, só podia se tivesse autorização dele, além de ter que pedir para ver televisão”.

Vilma concluiu a entrevista dizendo que esse é um caso de violência contra a mulher e que, caso outra pessoa estiver passando por esse tipo de situação, ela deve procurar ajuda na Delegacia de Mulher.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Secretaria da Mulher lança concurso para prevenir o bullying e a violência contra adolescentes e mulheres

Vai virar lei! Divórcio pode ser imediato em caso de violência doméstica

Grávida de 8 meses é retirada à força do metrô por seguranças e violência no vídeo choca