Homem que agrediu grávida surpreende juízes em tribunal por motivo perturbador

O caso, que aconteceu no dia 1º de junho, chocou as testemunhas locais pela atitude do homem e tomará um novo rumo na Justiça nesta semana

Resumo da Notícia

  • Eric teria dado chutes e socos em um grávida
  • Os funcionários do restaurante chamaram a polícia imediatamente
  • Ele surpreendeu os juízes na sexta-feira, 13 de junho
  • Se condenado, ele pode pegar de dois a dez anos de prisão
Ele foi preso ainda no local (Foto: Getty Images)

Eric Jay Fischer, um morador de rua de 41 anos, foi preso após empurrar e socar uma mulher grávida no início deste mês em um fast food, nos Estados Unidos. Ele intrigou os juízes na última sexta-feira, 12 de junho, após não comparecer ao tribunal para depor sobre o caso.

-Publicidade-

Por meio de uma videoconferência, um membro da equipe informou que Eric havia retornado à cela por causa de uma “má conduta”, considerada perturbadora pelos policiais. Uma nova audiência foi marcada para esta semana.

Sob custódia desde o dia 1º de junho, o homem foi preso após funcionários do restaurante, no Texas, chamarem a polícia quando ele agrediu a grávida. A mulher, que está no sexto mês de gestação, diz que o reconheceu por ser um morador de rua.

-Publicidade-
Se for condenado, Eric pode pegar de dois a dez anos de prisão (Foto: reprodução / Texarkana Gazette)

Ao ser questionado pelos policiais, Eric disse que precisava de ajudada e negou que precisava de um médico. Assim que percebeu que estava sendo preso, ele começou a chorar e foi levado para uma delegacia no Condado de Bowie. Se condenado, ele terá que cumprir de dois a dez anos de prisão.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-