Bebês

Sabia que durante a amamentação você libera o hormônio do amor?

Além disso, o ato está totalmente relacionado ao desenvolvimento do seu bebê

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Toda semana a gente fala sobre um tema relevante para a sua família nos nossos lives do Facebook. Entrevistamos especialistas e contamos com a participação da nossa audiência. Se você perdeu a nossa conversa sobre amamentação, trouxemos tudo até aqui para você! A neurologista pediátrica e cofundadora do Neuro Kinder, Karina Weinmann, foi uma das participantes da nossa série de lives durante a Semana Mundial do Aleitamento Materno.

Como amamentação está relacionada com o desenvolvimento do bebê?

Ela traz benefícios imunológicos, principalmente quando se trata do colostro, aquele leite inicial que parece um soro. Ele tem anticorpos, é nutritivo e possui uma gordura que engorda o bebê. A amamentação também ajuda a desenvolver a fala e a deglutição, já que para mamar, o bebê precisa ter força nos músculos da boca para segurar o seio e ter coordenação para engolir e respirar.

O que acontece no cérebro do bebê nesse momento?

A mãe libera a ocitocina, que é o hormônio do amor. Então um bebê que mama tem uma percepção maior do ‘outro’, mesmo a longo prazo. O contato de pele libera hormônios como o da tireoide, que regula a temperatura corporal e a frequência cardíaca, e o cortisol, que amadurece o pâncreas e equilibra a questão emocional.

Dá uma olhada no live para ficar inteirada sobre o assunto:

Leia também:

Amamentar emagrece? Descubra os mitos e verdades sobre amamentação no pós-parto

Amamentação: respondemos às dúvidas mais buscadas no Google sobre o assunto

A prótese de silicone atrapalha a amamentação?

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não