5 coisas que você não deveria dizer ao seu filho na hora da tarefa de casa

As lições podem ser um tanto quanto complicadas e às vezes é difícil não perder a paciência, mas respirar fundo e pensar nas palavras certas pode ser benéfico para você e seu filho!

Resumo da Notícia

  • As lições de casa podem ser um tanto quanto complicadas
  • Por mais difícil que seja, é importante manter a calma
  • Veja 5 coisas que você nunca deve dizer ao seu filho na hora da tarefa de casa

As tarefas de casa às vezes podem se transformar em um momento de muita tensão. Quando o seu filho fica irritado por não conseguir fazer alguma parte da lição ou se estressa com a quantidade de exercícios, muitas vezes você pode acabar perdendo a cabeça também – nós entendemos, não é fácil manter a calma! Embora às vezes a vontade seja jogar tudo para o alto, isso não vai ajudar nem você nem seu filho no longo prazo – e você sabe que aparecerão muitas lições de casa pela frente, né?

-Publicidade-
Essas dicas vão te ajudar (Foto: Getty Images)

Para te ajudar nessa missão, aqui vão algumas dicas do que você não deve dizer ao seu filho quando ele estiver com problemas com as tarefas de casa. Você ficará surpresa como esses cinco ajustes podem beneficiar vocês dois!

1. Ensino diferente 

Assim como tudo, a forma dos professores ensinarem os alunos também muda com o tempo. Pode ser que uma tática usada pela professora do seu filho hoje seja totalmente diferente da forma que o mesmo tema foi ensinado à você. Justamente por isso, é preciso muita calma na hora de ajudar seu filho com a tarefa de casa. Em vez de dizer: “Não entendo como eles ensinam matemática atualmente”. Diga: “Aprendi matemática de forma diferente. Vamos olhar as suas anotações e tentar entender juntos”.

-Publicidade-

2. Incompleto demais?

Você já provavelmente já passou por todos os anos letivos que seu filho está passando agora e evoluiu com o tempo. Na hora de ajudar seu filho com a lição, é importante lembrar que ele está passando por esse processo de evolução agora e precisa aprender sozinho. Quando achar que uma atividade está incompleta, tente trocar o “Por que você não coloca outra frase neste parágrafo?”, por “Este é um assunto realmente interessante. Eu ia gostar de saber mais sobre isso!”.

3. Não responda por ele

O dia foi cheio de problemas e complicações no trabalho e, ao chegar em casa, você ainda precisa ajudar seu filho com a tarefa. Tudo bem, sabemos que essa rotina não é nada fácil! Mas na hora de ajudá-lo, por mais que o erro persista, evite dar de cara a resposta do exercício para ele. Sempre lembre que as lições de casa são feitas para ajuá-lo a relembrar o que foi visto na sala de aula, é ele quem precisa aprender. Em vez de dizer: “A resposta é 38”. Diga: “Dê um passo de cada vez. Eu estou aqui se você não conseguir chegar à resposta sozinho”.

4. Muita calma nessa hora

Faz muitos anos que você não vê o que seu filho está aprendendo agora, logo, é normal que você não saiba fazer um exercício ou outro e não consiga ajudá-lo. Nesse momento, é preciso muita calma. Evite culpar o exercício ou a professora e mostre ao seu filho que, assim como ele, você também pode (re) aprender. Em vez de dixer: “Isso não faz sentido.” Diga: “Isso também é confuso para mim. Vamos escrever pedindo ajuda para o seu professor“.

5. Incentivo sempre 

Seu filho precisa entender que não está fazendo a tarefa pela mera obrigação de passar de ano, mas sim porque as lições o ajuda a aprender. Então, evite dizer “Se você não fizer sua lição de casa direito, vai ter uma nota ruim”. Em vez disso, diga: “Faça o seu melhor. Seu professor e eu nos preocupamos com o seu esforço, não com a perfeição”.

Uma boa regra prática: os pais devem se envolver menos com as atribuições e mais com o professor, aconselha Cathy Vatterott, Ph.D., professora de educação da University of Missouri-St. Louis e fundadora do site educacional HomeworkLady.com. Se o dever de casa estiver causando sérios problemas para seu filho ou atrapalhando as horas de brincadeiras ou sono, agende uma consulta com um profissional. “Os professores não pretendem tornar a vida dos pais difícil, mas às vezes eles precisam de mais informações sobre como o filho está fazendo as tarefas”, diz o Dr. Vatterott. Manter-se informada trará pontos positivos e benefícios a todos no final.

-Publicidade-