;
Criança

Bombeiros param os trabalhos em Brumadinho em respeito ao enterro de uma criança

O Centro de Operações interrompeu os pousos e decolagens durante 1 hora

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Bombeiros interromperam as buscas durante 1 hora (Foto: reprodução/G1)

Nesta quarta-feira (30), entre 14h30 e 15h30 os bombeiros interromperam as buscas por sobreviventes em Brumadinho (MG). A interrupção ocorreu na barragem I da mina do Córrego de Feijão e teve como motivo uma causa nobre: respeito ao enterro de uma das 99 vítimas da tragédia.

A vítima neste caso era uma criança, a qual não teve a identidade revelada. O enterro aconteceu em uma Igreja localizada próxima ao Centro de Operações dos bombeiros, local utilizado de improviso para pousos e decolagens e por isso, os profissionais optaram por interromper os voos durante uma hora.

O caso foi informado durante uma coletiva de imprensa na quarta-feira. Lá o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara deu mais detalhes sobre as investigações e lamentou esse episódio.

O incidente de Brumadinho teve início na última sexta-feira (25), quando uma das barragens da mineradora Vale se rompeu, fazendo com que um mar de lama invadisse e destruísse a cidade.

Uma semana após a tragédia os estragos continuam a aparecer. Nosso sentimento a todas as famílias que estão enfrentando essa situação e o nosso respeito a todos os profissionais que trabalham no caso e agem de maneira sensível frente a atrocidade.

Leia também:

Brumadinho: noivo de grávida desaparecida é encontrado morto. “A Vale matou meu filho”, diz padastro

Cachorro que ajuda nas buscas de Brumadinho ganha homenagem de bombeiro e comove a internet

Brumadinho: voluntários ajudam famílias desabrigadas depois do rompimento de barragem