Criança

Inclusão: Avô com vitiligo cria bonecos representativos de crochê

Para todos se sentirem bem, o artista fez de vários modelos

Maria Luiza Cardone

Maria Luiza Cardone ,Filha de Carla e Luiz

Avô com vitiligo cria bonecos inclusivos (Foto: Reprodução/Instagram)

O morador do interior de São Paulo, João Stanganelli Junior, de 64 anos aprendeu a fazer crochê e decidiu praticar a inclusão. O avô tem vitiligo, uma condição rara que causa despigmentação da pele, e criou bonecas que tem a mesma condição que ele.

Embora no começo os seus dedos doessem e a ideia fosse apenas fazer as bonecas como um hobby, João ficou satisfeito com o resultado e decidiu criar mais alguns modelos e divulgar para que crianças nestas condições também se sentissem representadas.

Os bonecos fizeram tanto sucesso, que o vô decidiu ampliar a linha, hoje já tem de vários modelos, como areata, psoríase, dermatite atópica, entre outros.

Segundo João, sua nova atividade favorita é pra suavizar quem tem essa condição, que atinge em média 2% da população. E embora não cause danos mais sérios à saúde, pode afetar o psicológico dos portadores, principalmente quando se trata de crianças.
“As manchas que tenho são lindas, o que mais machuca são as manchas no caráter das pessoas”, comenta.

Avô com vitiligo cria bonecos inclusivos (Foto: Reprodução/Instagram)

Leia também:

Estudo prova que o leite materno tem uma substância especial à noite

Estudo comprova que morar em ruas ou avenidas movimentadas pode afetar a saúde do bebê

Estudo mostra o efeito do beijo no cérebro do bebê

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: