Criança

Mãe é criticada nas redes sociais após se confundir e dar erva de gato para a filha comer

O caso aconteceu na Inglaterra

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Na foto, os pais Jess e Sean com as filhas Alexis, Alissa e Aurora e seus calendários do advento (Foto: Reprodução / Kennedy News and Media)

Jess Evans, de 26 anos, comprou um calendário do advento para as três filhas, Alexis, Aurora e Alissa. O calendário do advento foi feito para realizar uma espécie de contagem regressiva para o Natal e pode ter surpresas dentro de cada dia do mês de dezembro, como uma mensagem, uma ação ou até mesmo algo para comer. Porém, a filha Alissa, de 9 anos, foi surpreendida com algo diferente.

A mãe achou que a filha estava com frescura quando parou de comer os chocolates do calendário, dizendo que eles tinham um sabor esquisito, mas a menina já tinha comido aquilo durante 11 dias. Então, Jess descobriu que, ao realizar a compra, ela não percebeu que o calendário não era feito para crianças e sim para gatos.

Alissa com seu calendário (Foto: Reprodução / Kennedy News and Media)

A mãe decidiu escrever um post no Facebook compartilhando seu erro, acreditando que as pessoas achariam tão engraçado quanto ela achou. “Sou a pior mãe do mundo. Comprei calendários para Alexis e Aurora, mas Alissa queria um diferente. Então, rapidamente peguei um do Garfield, sem ler. Alissa estava reclamando que seu chocolate era verde, então, achei que era um diferente, com sabor de maçã verde ou algo assim. Mas não. Hoje a noite ela me mostrou o chocolate e tinha um cheiro estranho. Então, olhamos no verso do calendário e dizia que o sabor era de iogurte e catnip (erva de gato). Oh, meu Deus! Eu comprei um calendário de gatos para ela. E levei 11 dias para perceber! Na verdade, notei depois que isso estava escrito na frente do produto também. Pobre Alissa”, Jess escreveu nas redes sociais.

Jess fez uma grande confusão com o calendário da filha de 9 anos (Foto: Reprodução / Facebook)Contudo, ela não esperava tantas críticas que vieram a seguir. Em entrevista para o jornal local, Shropshire Star, ela disse que a intenção era escrever algo leve, para as pessoas rirem no Natal e não para comentarem algo ofensivo. “O calendário diz que é para gatos na frente, mas quem lê um calendário que está na mesma prateleira dos de chocolate? Eu não peguei na seção de gatos”, ela explicou.

Leia também:

Contagem regressiva: faça seu próprio calendário do Advento

Bebê de franja branca passa o Natal vestida de Mamãe Noel e foto faz sucesso nas redes

Após polêmica, Gloria Maria rebate críticas sobre cabelo das filhas: “Cuide da sua vida”