Menina escreve cartas para agradecer profissionais de saúde durante pandemia: “Heróis”

Daniela Palarmini, de 7 anos, tomou essa decisão depois de uma conversa com a mãe em que percebeu os desafios desse período

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 7 anos resolveu escrever cartas para os profissionais de saúde
  • A ideia é agradecer pelo trabalho que tem feito ao longo da pandemia da covid-19
  • Daniela decidiu fazer os textos depois de entender como esse período está sendo difícil para eles

Os profissionais da saúde foram verdadeiros heróis em meio a pandemia. Para agradecer por todo o carinho e esforço deles, Daniela Palarmini, de 7 anos, decidiu escrever algumas cartas cheias de desenhos e palavras de carinho.

-Publicidade-
Uma menina de 7 anos escreveu cartas para os profissionais de saúde agradecendo pelo trabalho na pandemia (Foto: Shutterstock)

A menina, que está em fase de alfabetização, enviou a surpresa para os profissionais de saúde da Santa Casa, em Tambaú (SP). “Nas cartinhas eu agradeço por tudo que eles já fizeram, porque eles já curaram bastante pessoas. Tudo vai passar e vai dar tudo certo”, disse Daniela em entrevista ao G1.

Para chegar nessa decisão, a menina contou com o apoio de um livro além de conversas com a mãe para poder compreender o que significava esse vírus e ela concluiu que ia além de uma doença, mas gerava a falta de pessoas.

-Publicidade-
As cartas escritas aos médicos provam o poder da solidariedade (Foto: reprodução/G1)

Foi quando a mãe contou os desafios que os profissionais de saúde estão enfrentando que a filha teve a ideia de fazer cartas de agradecimento. “Eu enxergo de forma muito positiva essa atitude da Daniela junto a todos os profissionais de saúde, não só apenas os médicos e enfermeiros, mas também todas as pessoas que estão envolvidas nesse drama que o mundo todo vive”, completou o pai orgulhoso.

Não é a primeira vez

Quando a prima da menina foi diagnosticada com leucemia, ela não teve dúvidas e gravou um vídeo pedindo que as pessoas doassem medula óssea. Após encontrar um doador compatível, ela não somente agradeceu, como reforçou o pedido.

Essa é mais uma ação dela que mostra como solidariedade faz diferença. “Recebemos uma carta da Daniela. Deixou a gente muito feliz. Nessa carta ela falou ‘meu agradecimento por você cuidar de todos os pacientes”, revelou o fisioterapeuta Thiago Aquino, em que Mariana Fróes, generalista, finalizou: “São atitudes como essa que fazem a gente tirar forças de onde, muitas vezes, não tem e continuar atendendo os pacientes e fazendo nosso trabalho”.