Criança

Menina vítima de racismo é convidada a voltar a hotel de luxo

Os autores do crime estão sendo procurados pela justiça!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Reprodução/Instagram)

(Foto: Reprodução/Instagram)

preconceito racial ainda está muito enraizado na nossa sociedade, e não tem como fechar os olhos para este fato. A pequena garota Ava, de 4 anos e nascida em Malawi, é adotada pela empresária Maria Klein e o educador Arthur Machado, passou por uma situação muito desagradável no hotel de luxo Fasano Boa Vista, no interior de São Paulo.

Ava sofreu preconceito na piscina do local, ao lado da babá (também negra). As crianças e os adultos exibiram olhares tortos para as duas, e não satisfeitos falaram coisas como: “Essa gente tem micose”. 

Para chamar atenção sobre o caso publicamente, a mãe de Ava decidiu compartilhar o episódio nas redes sociais e deu certo. Recentemente 0 sócio-diretor do Grupo Fasano, Constantino Bittencourt, se posicionou. A família foi convidada a ir no hotel novamente, mas dessa vez com todas as despesas pagas (a diária de um simples final de semana ultrapassa dois mil reais). 

A mãe registrou o ocorrido no Instagram. (Foto: Reprodução Instagram)

A mãe registrou o ocorrido no Instagram (Foto: Reprodução Instagram)

*Ana Beatriz Gonçalves, filha de Carla e Virgílio

Maria aceitou o convite com uma condição: o valor da estadia tinha que ser direcionado para a Instituição Solar Meninos de Luz – que promove acolhimento e educação para crianças e jovens desfavorecidos –, no Rio de Janeiro. “Acreditamos que dessa forma juntos, unidos na luta contra o racismo, podemos expandir nosso amor para outras crianças”, disse a mãe de Ava.

Em uma publicação emocionante no seu Instagram, a empresária compartilhou fotos e vídeos da pequena Ava. Vem ver!

Visualizar esta foto no Instagram.

É lindo quando a vida nos presenteia com a oportunidade de refazer certos acontecimentos.. isso não acontece sempre, mas quando nos é dado esse privilégio temos o dever de aproveitar cada minuto! Assim aconteceu com nossa pequena nesse final de semana! Agradeço ao Hotel Fasano Boa Vista @constantinobittencourt por nos receber com tanto carinho e por permitir que o valor da nossa estadia fosse doado para a Instituição Solar Meninos de luz, dessa forma juntos, unidos na luta contra o racismo, podemos expandir nosso amor para outras crianças lindas! #maisamorporfavor #juntossomosmaisfortes #racismoécrime #preconceitonão

Uma publicação compartilhada por Maria Klien Machado (@mariaklienmachado) em

Ava também fez novas amigas depois do ocorrido. Maria registrou a celebração do respeito e da igualdade, e ainda fez uma declaração emocionante: “Me fazem acreditar que a geração que esta se formando é muito mais evoluída.. e que o amor vença todas as batalhas!”.

Os autores do crime de injúria racial já estão sendo procurados pela justiça!

Nós da Pais&Filhos estamos do lado de Ava e das outras milhares de crianças, jovens e adultos que sofrem de racismo. A educação sobre a igualdade racial tem que partir dentro de casa como também, dos educadores e profissionais.

Leia também:

Preconceito na escola: professora pede para mãe dar “um jeito no cabelo” da filha

Starbucks em SP é acusada de racismo contra criança negra

Incrível! Menina cria linha de roupas para lutar contra racismo