Motorista de Uber socorre criança de 3 anos ardendo em febre e se nega a cobrar pela corrida

Morador do Rio de Janeiro, Daniel de Oliveira Torres, usou a empatia para salvar uma passageira

Bruna com a família e a filha Letícia,de 3 anos (Foto: reprodução/ Facebook)

Na última terça-feira, 5 de novembro, Daniel de Oliveira Torres começou a trabalhar como motorista da Uber, e não foram corridas normais. No seu primeiro dia, o motorista socorreu uma criança com 40° C de febre e negou-se a cobrar pela corrida.

-Publicidade-

Pai de três filhos, Daniel precisava complementar a renda da família e por isso tinha optado por começar a trabalhar como motorista particular. Quando recebeu a chamada de Bruna Silva Santos, não esperava encontrar uma criança ardendo de febre e que precisava de ajuda urgente.

Bruna é mãe de Letícia, de 3 anos, e por algum motivo quando solicitou o Uber, o aplicativo já tinha iniciado a corrida automaticamente, e  a mãe precisou ligar para Daniel pedindo que cancelasse a corrida, pois a filha precisava de socorro imediato.

-Publicidade-

Daniel fez questão de ajudar as duas, pediu a localização exata de Bruna e foi o mais rápido possível, perto das 23 horas. Pela falta de transito, o motorista chegou rápido, a tempo de levá-la a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Determinado a ajudar, Daniel correu o máximo que pode, passou por sinais vermelhos enquanto Letícia passava mal no banco de trás.

Bruna contou o que aconteceu nas redes sociais, mostrando gratidão a Daniel (Foto: reprodução/ Facebook)

Depois de 8 minutos, chegaram a UPA e Daniel levou mãe e filha para dentro e, enquanto eram atendidas, ficou esperando para poder levá-las para casa. No fim, o motorista se recusou a aceitar o pagamento pela corrida e aparentemente, Bruna ficou muito agradecida pelo gesto de empatia. “O melhor motorista que eu já conheci”, desabafa a mãe.

Leia mais:

Avó de 99 anos costura roupas para bebês de famílias necessitadas e boa ação viraliza na internet

Dinamarca ensina empatia para crianças nas escolas

Mãe pede 70 centavos para pagar conta de luz internet dá lição de solidariedade

-Publicidade-