Criança

Pesquisa prova que brincar ao ar livre ajuda a prevenir miopia

Mas esse não é o único benefício; veja os demais

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

Fatores ambientais influenciam no desenvolvimento da miopia, segundo pesquisa. (Foto: Getty Images)

Fatores ambientais influenciam no desenvolvimento da miopia, segundo pesquisa (Foto: Getty Images)

A infância é uma das fases mais importantes para o nosso desenvolvimento. Durante este período, quando algumas atitudes são tomadas, a qualidade de vida da criança ficar melhor e algumas doenças podem ser prevenidas.

De acordo com um estudo realizado por Katie Williams, da King’s College London, no Reino Unido, fatores ambientais tem grande impacto na chance de ter uma doença ocular. A especialista e sua equipe sugerem que realizar atividades em locais fechados quando criança, pode aumentar as chances no desenvolvimento da miopia.

Na pesquisa, Williams usou dados de uma análise que acompanhou 1.077 crianças entre os anos de 1994 e 1996. Foi constatado que as crianças que entraram mais cedo na escola, tiveram quase duas vezes mais chances de serem míopes. Isso porque passaram mais tempo em locais fechados.

Outro dado que também chama atenção, mostra que a cada hora extra que a criança passa em jogos de computador por semana, aumenta a chance da doença ocular em 3%.

É importante lembrar que está pesquisa foi realizada antes do uso generalizado dos smartphones. A pesquisadora Katie Williams ainda conclui que quanto maior o nível de educação da mãe, as chances do filho quando adolescente desenvolver miopia sobem para 33%.

Genética não é o principal causador da doença ocular. (Foto: Getty Images)

Genética não é o principal causador da doença ocular. (Foto: Getty Images)

Embora muitos acreditem que a genética seja o principal fator causador da doença ocular, Katie afirma que existe outra variação que causou um rápido aumento nas pessoas diagnosticadas com miopia.

Ainda segundo a especialista, os genes não mudam tão rapidamente entre as gerações, então o crescimento deve ser por conta da pressão da vida moderna na infância. É constatado que um equilíbrio saudável entre o tempo que a criança gasta dentro e fora de casa é essencial para prevenir a doença.

Leia também:

Aos 50 anos mulher da à luz quadrigêmeos

Hora do banho: aproveite este momento para fortalecer o vínculo de amor entre você e seu filho 

Mãe pesquisa e compartilha o que a ciência realmente diz sobre a diferença entre menino e menina