Criança

Saiba os riscos de medicar seu filho com doutor Google

Os números da Sociedade Brasileira de Pediatria são de cair o queixo. Você viu?

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Você provavelmente é daquelas mães que nunca acham que as coisas vão acontecer com o seu filho, não é? Mas aqui está um motivo para você ficar sempre alerta. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), todos os dias cerca de 37 crianças e adolescentes entre 0 a 19 anos sofrem efeitos da intoxicação ou envenenamento pelo uso inadequado de medicamentos.

Os números são de cair o queixo e mostram como é importante ter atenção redobrada, já que ao longo de 18 anos foram 245 mil casos de intoxicação em pessoas com esse intervalo de idade e 240 mortes. “Mais da metade dos casos registrados referem-se a acidentes com crianças de um a quatro anos. Elas são naturalmente muito curiosas e querem colocar tudo na boca, o que faz parte do desenvolvimento”, esclarece Luciana Rodrigues da Silva, presidente da SBP.

E olha só: a intoxicação não acontece somente com a criança que ingere algo tóxico, mas também quando os pais resolvem medicá-la sem uma prescrição médica. Fica aí o alerta! Conselhos de amigos podem não servir para o seu filho e isso pode ser muito perigoso. E vale lembrar que mesmo com a receita médica, é necessário ter cuidado.

Além do cuidado dos pais, a SBP enviou aos médicos um Guia Prático de Atualização sobre “Intoxicações agudas por medicamentos de uso comum em pediatria”. Nele, dicas mostram os riscos de alguns medicamentos.

Leia também:

Sempre alerta: escorpiões passam a matar mais que cobras no Brasil

Sempre alerta: bebê consegue escalar a escada da piscina e dá susto nos pais

Sempre alerta: mangueira de jardim causa queimaduras de segundo grau em bebê