Dr. Claudio Len defende: “Nunca esqueça que o filho é o seu reflexo”

O pediatra participou de um bate-papo pela primeira vez no 8° Seminário Internacional Pais&Filhos para falar sobre a importância do profissional na educação da criança

O médico lembrou a importância da parceria com o paciente (Foto: Reinaldo Silva)

Dr. Claudio Len, pediatra e nosso colunista, pais de Silvia, Beatriz e Fernando, participou pela primeira vez do nosso Seminário Internacional Pais&Filhos nesta terça-feira, 03 de dezembro, na Unibes Cultural, em São Paulo. 

-Publicidade-

O tema desta 8° edição é “Socorro: Preciso de Ajuda”. Nos reunimos mais uma vez, com pais e mães, para falar da importância de pedir ajuda durante a criação do filho. Dr. Claudio Len veio para falar sobre a ajuda no pediatra nesta construção da educação da criança. Ele participou de um bate-papo com a nossa apresentadora, e também colunista da Pais&Filhos, Cris Guerra, mãe de Francisco.

Cris iniciou o bate-papo com uma pergunta sobre redes sociais. “Como a tecnologia ajudou na aproximação pediatra / paciente”, perguntou. Doutor Cláudio respondeu explicando que o WhatsApp ajudou muito na relação do pediatra com os pacientes. “Hoje eu consigo atender muito mais gente, mas ao mesmo tempo tomo cuidado com a parte ética para não receitar nada via WhatsApp”, explica. 

-Publicidade-

Já no trato da criança com a tecnologia, Cláudio foi enfático: “Nunca esqueça que o filho é o seu reflexo”. Se você usa muito o celular, não pode esperar que a criança seja diferente com as tecnologias. 

Ele contou para a gente que em muitos países esse contato é proibido para não ter nenhuma medicação incorreta, porque o médico não examinou presencialmente. 

O ideal na hora de escolher o médico do seu filho é conhecer a formação dele. “Qualquer pediatra que cobra mais de 500 reais vira celebridade, não é esse fator o mais importante na hora da escolha”, exemplifica. 

Cris perguntou sobre a invasão dos pacientes pelo WhatsApp com o pediatra. “Eu não vejo problema, mas se você não quer incomodá-lo, vá ao pronto-socorro. É sempre bom checar se estiver desconfiado”, aconselha. Dr. Cláudio disse que não existem pais chatos e mães chatas, o que existem são pais preocupados

Durante as perguntas, uma mãe questionou o olhar do pediatra para família que têm crianças com desabilidades. “São filhos iguais, jamais devemos tratar de maneira diferente uma criança que tem alguma necessidade”, comenta o Dr. Cláudio ressaltou que às vezes os próprios pais fazem diferença, mas os médicos devem sempre tratar com igualdade. 

“Confie em você”, finaliza Dr Cláudio. Ele diz que  você precisa encontrar um profissional que atenda suas necessidades, mas não alguém que vai se substituir. “Na rede de apoio, cada pessoa é importante!”

Leia também:

Começou! O 8º Seminário Internacional Pais&Filhos promete esse ano

Cris Guerra retorna para participar do 8° Seminário Internacional Pais&Filhos

Oba! Vai ter sorteio no 8º Seminário Pais&Filhos e os prêmios estão incríveis

-Publicidade-