“Nós precisamos de ajuda para poder ajudar nossos filhos”, afirma o Ministro Osmar Terra

O Ministro da Cidadania, Osmar Terra, falou sobre a importância dos cuidados durante a primeira infância e os benefícios do programa Criança Feliz

(Foto: Reginaldo Silva)

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, deu início à primeira palestra do nosso 8° Seminário Internacional Pais&Filhos falando sobre o projeto “Criança Feliz” que já atende cerca de 1 milhão de crianças no Brasil. Pai de Arthur e Enzo, ele é médico formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Mestre em neurociência.

-Publicidade-

“O que realmente muda a vida de uma sociedade? É no início da vida que o cérebro da criança se organiza. Vamos ser o reflexo daquilo que se organizou durante os primeiros mil dias de vida”, defende. Por isso é tão essencial o acompanhamento dos responsáveis, aqueles que têm vínculo afetivo com a criança, durante a primeira infância. É justamente este o objetivo do projeto “Criança Feliz“: ajudar famílias com condições financeiras menores a ter os mesmos direitos de desenvolvimento familiar que o restante da população.

“Antes de qualquer coisa, nós precisamos de ajuda para ajudar os nossos filhos. As vias cerebrais se organizam pelo estímulo de quem cuida da criança”, explica o ministro, ao falar sobre a importância de aprender a pedir e aceitar ajuda.

-Publicidade-

“Tudo que vem de informação do mundo externo vai formando aquela rede. Nunca mais vai se repetir ao longo da vida o que acontece nos primeiros dias”, segundo o Ministro, a criança que é cuidada com amor passa a explorar o mundo de forma mais rápida. “A diferença entre uma criança que é maltratada ou negligenciada de uma que recebe amor é enorme. Se a criança sofrer algum abuso entre o oitavo e décimo oitavo mês de vida, terá consequências negativa pelo resto da vida. O que torna a pessoa menos agressiva é justamente os cuidados e os limites dados pela família. As crianças nascem todas de forma semelhante, mas é a primeira infância que as diferencia pelo resto da vida”, finaliza.

Criança Feliz

Lançado em outubro de 2016, o Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça e cultura, tendo como ponto central a visita semanal de técnicos às casas das famílias de baixa renda para acompanhar e estimular o desenvolvimento das crianças até os 3 anos de idade. 

Leia também:

Começou! O 8º Seminário Internacional Pais&Filhos promete esse ano

“A criança cuidada com amor passa a explorar o mundo de forma mais rápida”, afirma o Ministro Osmar Terra

Programa nacional Criança Feliz recebe maior prêmio do mundo na área de inovação para a educação

    -Publicidade-