Adolescente morre com coronavírus e mãe conta como foi os dias no hospital

Germaine Ribeiro, mãe da jovem, também teve coronavírus e ficou internada com a filha. Segundo um boletim da Secretaria Municipal da Saúde, ela havia feito o uso do remédio

Resumo da Notícia

  • Adolescente de 17 anos tratada com cloroquina morre no Rio de Janeiro
  • A mãe da garota também testou positivo para a doença e foi internada junto com ela
  • Segundo boletim da Secretaria Municipal da Saúde de Caxias, ela havia feito uso do medicamento segundo indicações do Ministério da Saúde
Adolescente tratada com cloroquina morre e mãe conta como foi os dias no hospital (Foto: Getty Images)

Kamilly Ribeiro, 17 anos, faleceu recentemente em decorrência do coronavírus. A garota estava internada Hospital Moacyr do Carmo, na cidade de Caxias, Rio de Janeiro. Segundo uma nota fornecida pela Secretaria Municipal da Saúde, a garota teria recebido tratamento com hidroxicloroquina.

-Publicidade-

Germaine Ribeiro, mãe da jovem, também teve coronavírus e ficou internada com a filha. “Ela ficava em uma cama e eu em outra. Lembro que ela chegou a sentir falta de ar e pediu para trocar de cama comigo. Também fizemos uso de oxigênio. No dia 24, Kamilly passou mal e vomitou. Gritei e chamei os médicos, aí ela foi levada para outro leito e foi entubada”, relatou a mãe ao jornal Metro.

A garota se tornou a pessoa mais jovem a morrer em decorrência da doença no Rio de Janeiro, segundo o jornal Opção. Através do boletim médico, foi constatado que o hospital usou medicamento “conforme indica o protocolo do Ministério da Saúde”.

-Publicidade-

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!