“Estamos prestes a passar pelo pior momento”, afirma OMS sobre coronavírus na América Latina

Cristian Morales, representante da Organização Mundial da Saúde no México, contou que o epicentro da pandemia passou da Europa para a América e que precisamos nos preparar

Resumo da Notícia

  • A OMS fez um alerta sobre o epicentro da doença
  • Foi afirmado que os países da America Latina precisarão se preparar
  • O representante da OMS do México pediu para que as autoridades expandam as medidas de prevenção
  • Ao todo são 114.729 casos confirmados de coronavírus e 5.731 mortes pela doença
A OMS afirmou que o epicentro passou da Europa para as Américas (Foto: Getty Images)

Na última quarta-feira, 22 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a América Latina ainda irá enfrentar o pior momento da pandemia de coronavírus e recomendou que os países aumentem a possibilidade de detectar a doença.

-Publicidade-

Cristian Morales, representante no México da Organização Mundial da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), disse em coletiva que “O epicentro da epidemia está se mudando da Europa para as Américas, o que nos deu tempo para nos preparar para o que está por vir”.

O representante reforçou sobre as medidas de prevenção da doença (Foto: Getty Images)

Ele ainda alertou sobre o problema: “O que não é tão positivo e que não podemos esquecer é que estamos prestes a experimentar o pior momento da epidemia na região e no México”, acrescenta. Como recomendação, Cristian pediu para que os países continuem mantendo o isolamento social e expandam as maneiras de detectar o vírus em níveis nacionais e locais.

-Publicidade-

Até o momento, a América Latina possui 114.729 casos confirmados de coronavírus e 5.731 mortes pela doença.

-Publicidade-