Mãe de 4 conta que se arrepende de ter tido mais uma filha: “Tudo que ela faz me irrita”

Ela não queria aumentar a família, mas a gestação acabou vindo acidentalmente. Hoje, ela sabe que trata os filhos de forma diferente e se culpa por isso

Resumo da Notícia

  • Mãe de 4 conta que se arrepende de ter tido mais uma filha
  • Ela contou que já estava muito cansada tendo que cuidar dos outros filhos
  • A gestação veio acidentalmente
  • Veja a história completa

Uma mãe decidiu abrir o jogo sobre as lutas que enfrenta para criar a filha de dois anos e disse que começou a ressentir ter tido outro filho. A mãe, que permaneceu anônima, disse que ela e o parceiro estavam muito felizes por serem pais de quatro filhos e “não desejavam” ter um quinto.

-Publicidade-
Ela se arrependeu da filha (Foto: Getty Images)

Mas quando o filho mais novo deles tinha apenas um ano, ela inesperadamente engravidou novamente, admitindo que a notícia a “horrorizou”, pois cuidar dos filhos já era muito caro e cansativo para ambos. A dupla lentamente aceitou a notícia e uma menina chamada Lily chegou pouco antes do Natal, com amigos e familiares dizendo à mãe que a menina era um “presente especial”.

“Mas, embora eu a ame, acho que à medida que ela fica mais velha, fico cada vez mais ressentida com ela. Já era difícil cuidar de quatro filhos, então cinco filhos realmente me levaram ao limite”, contou ela, em entrevista ao portal Honey.  “Estou constantemente exausta, sempre sem sono, sou tão magra, quase não consigo engordar e muitas vezes tenho momentos em que gostaria de poder fugir para uma ilha deserta”, desabafou.

-Publicidade-

“Agora que Lily tem dois anos, eu acho que eu venho com todos os tipos de desculpas para não passar tempo com ela. A pobre menina – quase tudo que ela faz parece me irritar e não é culpa dela. Ela é uma garotinha querida e não merece uma mãe que está constantemente mal-humorada com ela”, contou. Ela disse que um dia planeja contar à filha que está muito cansada por todo trabalho que teve com os irmãos mais velhos, pois muitas vezes ela se vê falando de forma rígida com ela, ou não sendo uma mãe presente, o que acaba resultando em mais estresse ainda.

A mãe disse que muitas vezes contrata uma babá para Lily e a filha perde coisas simples, como fazer compras no supermercado, porque ela simplesmente não tem energia para levá-la junto. “Espero suavizar meu coração em relação à ela com o passar do tempo porque não é culpa dela que ela esteja aqui”, assume a mãe.

-Publicidade-