Mãe desabafa sobre culpa após tratar depressão pós-parto: “Meu marido também precisa de descanso”

Erin explicou como o apoio do marido a ajudou a se recuperar, mas quase custou caro para ele

Erin Heger e o marido (Foto: Reprodução/Instagram/@erin_heger)

Erin Heger é uma estadunidense que é mãe há 3 anos. Ela é colaboradora do portal Popsugar e escreveu no site um desabafo sobre como sua ansiedade e depressão pós-parto, seguido pelos momentos de cuidados que ela tirou para se recuperar, sobrecarregaram seu marido e quase acabou com o casamento dos dois.

-Publicidade-

Ela contou que desde a gravidez vinha tendo ataques de ansiedade que, após o nascimento do filho, se tornou uma depressão pós-parto. Assim, parte do tratamento para a manutenção de sua saúde mental incluía antidepressivos e momentos nos quais Erin se afastava de suas funções como mãe.

“Tirar esse tempo para mim não foi fácil no começo, mas com o tempo percebi o quanto eu me sentia melhor com um pouco de distância da maternidade, e também vi o quanto meu filho ficava mais feliz quando eu estava bem”, explicou.

-Publicidade-
Erin, o marido e o filho do casal (Foto: Reprodução/Instagram/@erin_heger)

Assim, Erin manteve os jantares mensais com as amigas, além de outros momentos que tirava para si mesma. “Era um banho demorado aqui, uma noite fora com os amigos ali, e quando sinto que estou indo para um lugar não saudável, sou honesta com meu marido sobre isso”.

No entanto, isso parece ter custado muito para o marido de Erin. “Recentemente falei para ele sair de casa durante uma noite e ele respondeu que não podia porque ficaria preocupado comigo”.

Assim, Erin fez o possível para apoiar o marido quando ele disse que viajaria durante um final de semana, mesmo sendo o fim de semana do aniversário dela. “Eu já tirei incontáveis semanas para mim mesma, mas essa será a segunda semana dele fora desde que se tornou pai. Eu estou encorajando ele porque sei muito bem que seu bem-estar, assim como a saúde de nosso casamento, só poderiam se beneficiar deste momento de cuidado pessoal.

“Percebi que ele passa muitos momentos de silêncio, retraído, e que todo esse foco em mim está deixando meu marido exausto”, Erin escreveu.

Erin e o marido durante uma trilha (Foto: Reprodução/Instagram/@erin_heger)

Mas agora, ela sente que está muito melhor, e que está na hora de ajudar o marido a se cuidar, equilibrando seu tempo como mãe e os momentos para si mesma com o tempo livre que o marido também precisa.

“Eu sempre irei cuidar da minha saúde mental, o que pode significar que eu tenho menos capacidade do que gostaria de cuidar dos nossos filhos em alguns momentos, mas é importante lembrar que meu marido também precisa de descanso. Então, fim de semana de aniversário ou não, eu vou apoiar a sua escapadela”, finalizou.

O casal era pai de um menino e em fevereiro deste ano tiveram uma filha.

Erin, o marido, o filho e a filha recém-nascida (Foto: Reprodução/Instagram/@erin_heger)

Leia também:

6 dicas simples de cuidados pessoais para mães ocupadas

Terapeuta cria empreendimento para ajudar outras mães a encontrarem o equilíbrio: “Meu propósito de vida é levar a cura”

Mãe desabafa: “Não elogiem os pais por coisas que eles deveriam fazer”

-Publicidade-