Mães continuam fazendo a maior parte do trabalho em casa e com os filhos na quarentena, diz pesquisa

Dois estudos chegaram no mesmo resultado nos Estados Unidos. Apesar de boa parte dos homens acreditarem que estão contribuindo mais, a maior parte dos afazeres ainda está nas mãos das mulheres

Resumo da Notícia

  • Pesquisas apontam que as mães seguem fazendo a maior parte do trabalho durante isolamento social
  • Apesar de boa parte dos homens acharem que estão contribuindo mais, o trabalho pesado continua na mão das mulheres
  • Veja dados e estudo completo
Pesquisas apontam que as mães seguem fazendo a maior parte do trabalho durante isolamento social (Foto: Getty Images)

Como sempre, as mães estão fazendo a maior parte do trabalho pesado quando se trata de tarefas domésticas, cuidados com as crianças e gerenciamento das aulas online durante o isolamento social. Duas pesquisas divulgadas recentemente descobriram que, em casais heterossexuais, são as mães quem estão ajudando as crianças com as aulas à distância, as tarefas e as conversas com os professores , além de cozinhar, limpar, lavar roupas e, muitas vezes, trabalhar fora.

-Publicidade-

Uma das pesquisas, realizada pela organização sem fins lucrativos nacional ParentTogether, descobriu que dos 1.500 pais pesquisados, 78% das mães com um parceiro masculino estão gerenciando a maioria das tarefas relacionadas à escola e 73% das mães solteiras acham que tentar equilibrar todas as tarefas está fazendo-a enlouquecer.

“Todos os pais com filhos em casa estão fazendo um trabalho heroico e quase impossível no momento. Mas as evidências são claras de que as mães estão desproporcionalmente esmagadas pela carga extra de gerenciar o ensino à distância de seus filhos ”, disse Bethany Robertson, co-fundadora e co-diretora da ParentsTogether em um comunicado à imprensa. “Pais e mães, principalmente, estão nos dizendo que não podemos continuar pedindo que sejam funcionários e cuidadores em tempo integral. Os pais precisam de ajuda financeira, licença remunerada e flexibilidade no local de trabalho”.

-Publicidade-

A segunda pesquisa, da Ball State University, contém resultados semelhantes: as mães estão fazendo a maior parte do trabalho. O estudo descobriu que, embora os pais pensem que estão contribuindo mais do que antes da quarentena, as mães não concordam com essa avaliação. 48% dos pais dizem ter assumido um papel mais ativo no trabalho doméstico, mas apenas 25% das mulheres dizem que seus parceiros masculinos estão ajudando mais.

Os pesquisadores sugerem que os pais só podem pensar que estão fazendo mais, no entanto. “Uma maior exposição ao trabalho doméstico também pode levar os pais a perceber que estão gastando mais tempo nessas tarefas do que realmente estão”, disse o pesquisador Richard Petts, professor de sociologia da Ball State, em comunicado, embora ele observe que esse não é o caso em toda casa.

“Existe o potencial da pandemia da covid-19 alterar as divisões de trabalho entre os gêneros, se os pais permanecerem mais envolvidos no lar quando as ordens dos órgãos de saúde permitirem que as crianças voltem à escola”, reforça.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-