Manaus: Famílias de pacientes com Covid-19 madrugam na fila para comprar oxigênio

A capital do Amazonas enfrenta um colapso no sistema de saúde devido à lotação dos hospitais e falta de insumos

Resumo da Notícia

  • Famílias de doentes que não conseguiram internação em Manaus estão na fila para comprar oxigênio
  • A fila acontece desde a tarde de sexta-feira, 15 de janeiro, até a manhã deste sábado, 16
  • A capital do Amazonas enfrenta um colapso no sistema de saúde devido à lotação dos hospitais com casos de Covid-19

Famílias de doentes que não conseguiram internação em Manaus estão desde a tarde de sexta-feira, 15 de janeiro, até a manhã deste sábado, 16, na fila de uma fornecedora de oxigênio para tentar comprar o produto. Segundo apuração do G1, a empresa espera pela reposição do produto.

-Publicidade-

A situação do estado segue crítica. A capital do Amazonas enfrenta um colapso no sistema de saúde devido à lotação dos hospitais com casos de Covid-19.

As famílias estão na fila desde sexta-feira (Foto: Reprodução / Globo News)

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

-Publicidade-

Familiares aguardam o oxigênio

O autônomo Osmar Magalhães contou para o G1 que está cuidando do pai em casa e chegou na fila da fornecedora às 13h da sexta, mas ainda não conseguiu oxigênio para abastecer os cilindros.

“Não dormi, não fui em casa, só me alimentei porque o pessoal da igreja tá vindo aqui, trazendo alimentos, água, sopa. Mas não ‘arredei’ o pé daqui. Quando chegam, dizem que não tem, nunca tem, mas chega carros privados e saem com cilindros”, disse.

As famílias estão na fila desde sexta-feira (Foto: Reprodução / Globo News)

Richard Rodrigues também não conseguiu comprar o material. O gerente trabalha em uma empresa médica que faz atendimento a domicílio e diz que precisa de oxigênio para 23 pacientes que estão sendo cuidados em casa.

“Já estamos na fila há mais de 24h. Nossa empresa tem mais de 23 pacientes internados em casa, home care, com Covid. Eles estão falando que não tem gás de oxigênio, mas tem sim. De hora em hora você vê carro entrando, mas a população toda tá desorientada sem saber o que fazer”, afirmou.

Outro senhor, identificado como Eliomar, explicou que precisa de oxigênio para a mãe de 80 anos que está do lado de fora do Hospital Platão Araújo, recebendo ajuda de uma ambulância.

“Ontem eu passei a tarde todinha aqui. O procurador deixou bem claro que a preferência era para os hospitais. E a minha mãe tá lá tomando oxigênio dentro da ambulância. Oxigênio não tem no pronto-socorro, então cadê e porque eles não liberam isso aqui?”, questionou.

-Publicidade-