Menina de 10 anos morre após explosão com celular ligado na tomada e caso serve de alerta

O caso aconteceu em Maceió, onde a vítima estava internada desde o dia 15 e julho

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 10 anos teve 40% do corpo queimado após explosão de celular na tomada em Maceió
  • A vítima, que estava internada desde o dia 15 de julho, não resistiu
  • O acidente aconteceu enquanto a menina usava fones de ouvido e carregava o aparelho ao mesmo tempo
  • O caso serve de alerta

Uma menina de 10 anos morreu após explosão com celular ligado na tomada. A criança estava com fones de ouvido e com o aparelho carregando ao mesmo tempo, e teve 40% do corpo comprometido com o acidente. Ela estava internada desde o dia 15 de julho, e não resistiu.

-Publicidade-

O caso aconteceu no município de Pão de Açúcar, no interior de Alagoas. De acordo com boletim médico do Hospital Geral do Estado, em Maceió, a menina faleceu no local devido a complicações das queimaduras. As autoridades informaram que a explosão deu origem a um incêndio na casa da família.

A menina faleceu no último domingo, 25 de julho (Foto: Reprodução/ O Povo Online)

Além da vítima, o irmão, a avó e um bebê de dois anos ficaram feridos com o acidente. O imóvel ficou parcialmente destruído. O incidente serve de alerta para famílias sobre o uso de aparelhos na tomada e perigos de incêndio.

Para ficar de olho!

De acordo com o Datasus, o número de crianças mortas em 2016 por conta de choques, eletrocussões, queimaduras e outras lesões relacionadas à exposição a correntes elétricas foi 107 – e a quantidade de internações infantis pelo mesmo motivo foi de 223 em 2017.

Mas, calma. Os números não são para assustar, e sim para trazer mais cuidado. Se caso alguém da sua casa levar um choque, leve ao hospital imediatamente. Dependendo do grau, a pessoa pode ficar desacordada e, em casos extremos, pode acabar presa na tomada.

É importante ficar de olho para evitar acidentes (Foto: Getty Images)

Se isso acontecer, nada de tentar tirá-la usando as mãos – a recomendação dos bombeiros é usar um cabo de vassoura para evitar que você também leve um choque. Para prevenir o acidente com seus filhos, esconda tomadas atrás de móveis ou coloque protetores de plástico.

“A dica é prendê-los com fita isolante ou esparadrapo. Assim, ficam mais firmes e não deixam a criança tirar a proteção”, explica Gabriela Freitas, gerente-executiva da ONG Criança Segura.