Monica Benini rebate críticas sobre não mostrar rosto de filho com Junior Lima: “É um direito”

A designer, mãe de Otto, de 2 anos, postou um vídeo nas redes sociais para debater com outras mães sobre a exposição de crianças na internet

Resumo da Notícia

  • A família Lima presa e muito pela privacidade dos filhos.
  • A esposa de Junior, Monica Benini, resolveu falar mais sobre o assunto em um vídeo que publicou no Instagram
  • A designer de joias compartilhou uma foto com o filho, Otto, de 2 anos,  e escreveu: “Uma reflexão sobre a exposição de crianças na internet…”

Não é segredo que a família Lima presa e muito pela privacidade dos filhos. A esposa de Junior, Monica Benini, resolveu falar mais sobre o assunto nesta segunda-feira, 17 de agosto, em um vídeo que publicou no Instagram. Nele, a designer de joias compartilhou uma foto com o filho, Otto, de 2 anos, onde não se pode ver o rosto da criança e escreveu o título: “Uma reflexão sobre a exposição de crianças na internet…”

-Publicidade-
Junior e Monica são casados desde 2014 (Foto: reprodução/ Instagram) @junior_lima)

“Eu quero deixar claro que essa é uma opinião minha, totalmente pessoal, eu não julgo quem pensa ou fazer diferente. A verdade é que se a gente parar para pensar, depois que a gente posta uma foto na internet, a gente não tem muito domínio sobre o que vai acontecer com essa imagem, que rumo ela vai tomar. Meio que depois que você posta uma foto, aquela imagem pertence ao mundo”, iniciou a mãe. Além dos pais de Otto, Sandy, irmã de Junior, e o marido, Lucas Lima, também não costumam postar fotos do rosto do filho, Theo, de 6 anos.

A mãe fez um desabafo (Foto: Reprodução / Instagram / @monicabenini)

“Essa reflexão veio muito depois de eu ter filho, a gente não consegue medir o que a superexposição das crianças vai ter como consequência no futuro. Eu acho que mesmo que se eu não fosse casada com uma pessoa pública, que o meu trabalho não estivesse presente em mídias sociais, acho que meu pensamento seria assim. Acho importante o ser humano possa escolher se quer ter imagens e vídeos dele expostos ou não. Esse foi um dos motivos que me fez pensar duas vezes antes de postar e limitar a quantidade de vezes e a maneira como eu mostro ele (Otto) na internet. Pode ser que ele não goste de se expor e aí o que eu vou fazer com aquele tanto de conteúdo sobre ele que já foi postado?”, explicou ela.

-Publicidade-

Monica chegou a relatar para os seguidores sobre sites e perfis que usavam a imagem de crianças para alimentar redes de pedofilia. Depois disso, a designer concluiu o pensamento pedindo para que as pessoas não julguem e critiquem os pais que não expõem os filhos nas redes sociais. “Eu não julgo quem pensa diferente, mas acho bom a gente parar para pensar que isso existe e respeitar a escolha dos pais que não querem expor os filhos, é um direito como pai, como mãe, como protetor daquela criança, você não querer ter a imagem daquela criança exposta na internet. Vamos respeitar e entender que são crianças”, concluiu Monica.

O 9º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Tal da Felicidade está aí! Ele vai acontecer no dia 19 de agosto, completamente online e grátis. Serão oito horas de transmissão ao vivo e você pode acompanhar tudo neste link aqui. Esperamos por você!