Novo estudo recomenda uso de máscaras em casa no combate à covid-19

Publicada na BMJ Global Health, a pesquisa apontou efeitos positivos para quem adotou o uso do equipamento, mesmo sem sair para lugares públicos

Resumo da Notícia

  • Um novo estudo indicou que o uso de máscaras pode ser benéfico mesmo em casa
  • De acordo com as conclusões, a medida é 79% eficaz na prevenção do coronavírus
  • Saiba mais sobre a pesquisa
De acordo com o estudo, as máscaras são eficientes na prevenção da doença (Foto: Getty Images)

Diante da pandemia do coronavírus, várias medidas de prevenção foram instituídas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras organizações da área. Uma das mais comentadas é o uso de máscara.

-Publicidade-

Contudo, esse equipamento é citado, geralmente, quando as pessoas precisam sair de casa e frequentar lugares públicos. Mas um novo estudo chinês mudou essa visão e recomendou que as pessoas usem máscara, mesmo em casa.

O objetivo ao adotar essa medida é garantir a segurança da família contra a covid-19. De acordo com a pesquisa, adotar o equipamento nos domicílios, mesmo que ninguém apresente os sintomas da doença, pode ser 79% eficaz para prevenção.

-Publicidade-

“Este estudo confirma que há alto risco de transmissão caseira do vírus antes mesmo do primeiro sintoma. Porém, as medidas preventivas como uso de máscara, desinfetação e distanciamento social em residências pode prevenir a transmissão da covid-19 durante a pandemia”, constata a pesquisa que foi divulgada na BMJ Global Health.

Para chegar a esse resultado, foram monitoradas 460 pessoas, representando 124 famílias de Pequim em relação aos hábitos de higiene e comportamentos.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-