Paternidade de Gugu Liberato é exaltada por Rose Miriam: “Não sou filha, mas estive presente”

A médica aproveitou o Dia dos Pais para relembrar o marido e apresentador, que faleceu em dezembro de 2019 e deixou 3 filhos

Resumo da Notícia

  • Rose Miriam publicou uma homenagem de Dia dos Pais para Gugu Liberato
  • A médica falou sobre os valores do marido na hora de criar os três filhos
  • Gugu faleceu em dezembro de 2019, em um acidente doméstico

Rose Miriam aproveitou o Dia dos Pais no último domingo, 8 de agosto, e publicou uma homenagem para Gugu Liberato. A médica publicou no Instagram registros da família – e ainda destacou as virtudes do apresentador como pai. Gugu faleceu em dezembro de 2019, vítima de um acidente doméstico.

-Publicidade-

“Que saudade… Quanta falta esse papai lindo faz nas nossas vidas! Mas o guardamos dentro dos nossos corações. E guardamos também em nossas mentes todos os seus ensinamentos!”, comentou Rose. “Não sou filha, mas estive presente em todos os momentos e pude observar com tranquilidade as palavras que ele dizia às crianças com tanta satisfação, alegria e seriedade ao mesmo tempo”.

Rose mandou a real no Instagram (Foto: Reprodução/ Instagram)

No fim, Rose ainda revelou apelido especial que dava para Gugu: “Saudades eternas do nosso saudoso Gugu, a quem eu o chamava de anjo e algumas vezes de: papai lindo!”, brincou.

Desde que Gugu faleceu, a família do apresentador está rodeada de polêmicas – principalmente quando o assunto é a herança que ele deixou para os filhos e a esposa, Rose Miriam. Na última quinta-feira, as filhas gêmeas do ex-casal, Marina e Sofia, de 17 anos, foram emancipadas, mas esse movimento foi visto pelo filho mais velho como algo suspeito.

Após serem declaradas independentes dos pais, as gêmeas contrataram o mesmo advogado da mãe, chamado Nelson Willians, para representá-las na corrida pela herança de Gugu. João Augusto Liberato, de 19 anos, não concordou com a atitude e decisão tomada pela mãe.

Filhas de Gugu foram emancipadas Foto: Reprodução / Instagram / @guguliberato)

Para ele, além de qualificar a emancipação como “duvidosa”, ele discorda da mudança de advogado e chama toda a situação de “aventura fantasiosa”. João decidiu continuar tendo seus interesses defendidos pelo mesmo advogado que o auxiliava antes, já que ele o “defende dos desacertos causados infelizmente pela minha mãe e sua família”.