Pesquisa explica como o isolamento pode fazer bem para as famílias

Segundo o estudo, o Lockdown fez com que 60% dos pais se aproximassem mais dos filhos. Além disso, a maioria dos entrevistados afirmaram que estão mais conscientes do papel como pai

Resumo da Notícia

  • Estudo aponta que 60% dos pais estão se aproximando mais dos filhos durante isolamento
  • A pesquisa entrevistou diversos pais sobre os impactos da pandemia na família
  • 52% dos entrevistados estão mais conscientes da missão como pai
  • Veja outros resultados
60% dos pais estão se aproximando dos filhos durante isolamento (Foto: Reprodução)

O coronavírus chegou sem avisar e fez com que todos ficassem dentro de casa. Apesar das inúmeras dificuldades para se readaptar à nova rotina, o isolamento social tem trazido algumas lembranças positivas para muitas famílias. Uma pesquisa recente realizada pela ONG Canadian Men’s Health Foundation apontou que o Lockdown ajudou a reaproximar pais e filhos.

O estudo, que foi realizado em maio e divulgado na semana passada, foi feito com base em respostas de 1.019 pais canadenses sobre o impacto do isolamento social na família. As respostas foram surpreendentes: 40% dos entrevistados consideraram que a COVID-19 teve um impacto positivo no papel dos pais, 52% estão mais conscientes da importância como pai e 60% se sentiram mais próximos dos filhos neste período.

A união entre membros da família durante esse período foi algo muito presente nas respostas. 64% disseram que estão comendo mais refeições com os filhos e quase dois terços dos pais disseram que estão conversando mais e ficando mais companheiros dos filhos durante a quarentena. O tempo juntos têm trazido uma boa experiência para a maioria das famílias e 46% responderam que pretendem continuar com esses hábitos quando tudo voltar ao “normal”.

“Embora as famílias tenham enfrentado estresses e desafios com a COVID-19, os pais tiveram uma oportunidade de ouro para reservar um tempo para desacelerar e se conectar com seus filhos”, disse o Ministro da Saúde do Canadá, Adrian Dix, ao portal GNN.  “Muitos pais trabalham em horário integral e viajam, e quando acaba, eles têm mais oportunidades de união, como brincadeiras, ou fazer uma caminhada… Podemos aprender mais com essa pandemia do que imaginávamos”, finalizou.