Gravidez

5 pontos positivos do ganho de peso na gravidez

Fica tranquila, não é tão ruim quanto você imagina!

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Untitled-1

(Foto: iStock)

Se você é uma futura mãe, aqui vai uma dica: não se preocupe tanto com os quilos extras. Esse ganho de peso na gravidezpode ser uma experiência positiva. Quer entender melhor? Então vamos começar falando sobre o quantos quilos você vai ganhar durante essas 40 semanas. “Depende principalmente do seu índice de massa corporal pré-gestacional (IMC)”, explica Patricia Lo, ginecologista obstétrica do Memorial Care Saddleback Medical Center, em Laguna Hills, Califórnia.

“Para as mulheres com um IMC normal, recomendamos cerca de 11 a 15 quilos de ganho de peso na gravidez”, ela acrescenta. Mulheres abaixo do peso têm um pouco mais de liberdade e podem ganhar entre 12 a 18 kg. Aquelas que têm excesso de peso devem ganhar cerca de 6,8 a 11 kg e as mulheres que são obesas devem ganhar apenas 4,9 a 9 kg, segundo a médica. Se você está grávida de gêmeos, seu ganho de peso na gravidez, obviamente, será maior.

Felizmente, você tem algum tempo para se preparar para aqueles quilos que chegarão em breve. Durante o primeiro trimestre, você não deve ganhar mais do que 1,8 quilos no total. Algumas mulheres até perdem peso durante esses primeiros meses graças a enjoos matinais e aversões alimentares. O segundo e terceiro trimestres são quando você realmente verá e sentirá seu peso subindo.

As vantagens  

Embora o ganho de peso aconteça rapidamente, especialmente durante os dois últimos trimestres, isso pode ser uma experiência positiva. Aqui estão cinco razões pelas quais o ganho de peso na gravidez não é tão ruim quanto você pensa.

1. É importante para o bebê 

Seu bebê precisa desses quilos para sustentar seu desenvolvimento, para que ele possa crescer grande e forte. “As mulheres que não ganham peso suficiente durante a gravidez têm um risco maior de ter um bebê prematuro ou com baixo peso ao nascer”, diz Kathleen M. Rasmussen, doutora em ciências e professora de ciências nutricionais na Cornell University. “Isso pode causar problemas de saúde para o bebê, incluindo problemas respiratórios, cardíacos e digestivos, no nascimento e mais tarde na vida”, explica.

2. Você pode culpar os hormônios

Quando você está grávida, seus hormônios ligam os desejos, fazem com que certos alimentos tenham um sabor incrível, seu corpo entra em modo de armazenamento, transformando toda e qualquer caloria extra em reservas de gordura para serem usadas depois para nutrir o bebê.

3. Você gostará de algumas mudanças

À medida que os hormônios da gravidez aumentam, o mesmo acontece com o tamanho do seu sutiã. “Você pode esperar ganhar cerca de dois quilos em seus seios devido ao aumento de líquidos, inchaço dos tecidos e produção de leite precoce”, diz James E. Ferguson II, professor e chefe do departamento de obstetrícia e ginecologia da Universidade de Virginia. Em outras palavras,  se você nunca teve seios fartos, finalmente poderá experimentar a alegria de um decote!

4. Não é permanente 

Saber que as mudanças corporais que você está enfrentando não durarão para sempre podem te ajudar a relaxar e até a amar suas curvas da gravidez.

5. Você pode perder os quilos rapidamente 

No momento em que você dá à luz, você perde cerca 4,9 kg. Algumas semanas mais tarde, os hormônios de produção de bebês se nivelam, permitindo que seu corpo liberte o peso fluido que estava retendo e atacando as reservas de gordura. “Desde que você não tenha engordado muito durante a gravidez, fazer exercícios corretos e moderados ajudará você a perder o peso restante do bebê de forma relativamente rápida”, diz Rasmussen. Em pouco tempo você já estará fechando sua calça jeans!

Leia também:

Quanto você deveria ganhar de peso na gravidez?

Cuidado em dobro na gestação: mulheres têm mais chance de desenvolver diabetes

17 dicas para uma gravidez saudável

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não