Mariana Rios fala sobre possibilidade de engravidar após aborto espontâneo

Ela respondeu a dúvida de uma seguidora nas redes sociais sobre uma possível futura gestação

Resumo da Notícia

  • Na última terça-feira, 1 de dezembro, Mariana Rios abriu caixa de perguntas para fãs
  • Uma internauta a perguntou se ela poderia engravidar novamente depois da descoberta da doença autoimune
  • A famosa disse que sim, só precisa se cuidar e tomar os medicamentos

Na última terça-feira, 1 de dezembro, Mariana Rios respondeu, após abrir caixa de perguntas para fãs nas redes sociais, se ela poderá engravidar novamente após aborto causado por doença autoimune. Quando foi questionada por uma seguidora sobre a possibilidade de uma segunda gravidez ela disse que só basta tomar os medicamentos.

-Publicidade-

“Você pode engravidar de novo?”, foi a pergunta da internauta, que teve como resposta: “Sim! Posso! Apenas preciso me cuidar com medicamentos agora. Mas, depois tudo normal”.

Ela falou sobre possibilidade de engravidar (Foto: Reprodução/ Instagram @marianarios)

Vale lembrar que a famosa sofre de uma doença autoimune que causou o aborto espontâneo na última gravidez e, graças a perda do bebê, ela descobriu o problema de saúde que poderia ser fatal caso não fosse diagnosticado.

O aborto

Mariana Rios usou as redes sociais na última segunda-feira, 30 de novembro, para fazer um desabafo emocionante sobre o aborto que sofreu no começo deste ano. A atriz compartilhou com os seguidores a descoberta médica que fez ao longo da investigação sobre o seu caso. Segundo ela, os exames apontaram uma doença autoimune que provoca a perda da gestação.

A artista explicou que resolveu falar novamente sobre o assunto para ajudar outras mulheres a superarem a mesma dor. “Hoje eu vim falar especialmente com as mulheres que, assim como eu, passaram por um aborto espontâneo. Eu decidi voltar neste assunto porque eu ainda recebo muitas mensagens de mulheres que sofreram e ainda sofrem com a dor da perda e eu queria compartilhar com vocês como foi meu processo, como eu consegui passar por tudo isso e como eu conduzi todo meu caminho, meu pensamento, pra um lugar de gratidão e sair de um lugar de sofrimento”, disse.

Mariana descobriu doença autoimune (Foto: reprodução / Instagram @marianarios)

Ela disse que resolveu investigar a fundo sobre a causa aborto, já que durante o inicio da gestação nada apontava alguma irregularidade. “Eu vou dividir algo muito pessoal com vocês, mas que acho necessário. Assim que eu tive a perda, estava tudo certo, todos os meus exames, tudo normal, o bebê crescendo normalmente, mas senti essa necessidade de investigar o porquê da minha perda e sempre com o pensamento de gratidão, de ter passado por aquilo, de ter aprendido, de ter evoluído e me transformado em uma mulher totalmente diferente.”

Foi assim que Mariana acabou descobrindo a presença de um anticorpo causador de uma doença autoimune. “Durante essa investigação e de milhares de exames, nós descobrimos que eu tenho um anticorpo que é altíssimo no meu organismo de uma doença autoimune que provoca o aborto. Na hora eu agradeci. Eu agradeci pelo que eu passei e de poder fazer essa investigação e descobrir que tenho isso, porque se eu não tivesse descoberto isso, eu não saberia que esse anticorpo hoje é forte no meu organismo, eu poderia pegar um voo, sofrer uma trombose, uma embolia pulmonar e acontecer uma fatalidade e até de repente, eu nem estar aqui com vocês. Então tudo na vida tem um propósito.”

Ela comentou que vai compartilhar a dor para ajudar outras mulheres (Foto: Reprodução / Instagram @marianarios)

A artista se mostrou grata pelo aprendizado e considerou a etapa como mais um desafio da vida. “Hoje, diante de todo esse processo, eu agradeço, porque eu tive a oportunidade de ter um ser dentro de mim, que precisou estar dentro de mim naquele momento e depois precisou retornar. E esse ser de luz me trouxe a informação que eu precisava seguir na minha vida, que eu precisava cuidar da minha saúde e assim a gente segue a vida, enfrentando os desafios, com um olhar de alegria”, finaliza.