Notícias

Isis Valverde já decidiu qual tipo de parto quer ter para o nascimento do filho

A atriz já está grávida de seis meses

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Reprodução/@isisvalverde)

(Foto: Reprodução/@isisvalverde)

A atriz Isis Valverde já está grávida de seis meses. Pois é, dá para acreditar? Se passou voando para a gente, imagina para ela e seu marido, André Resende. Com o parto de seu primeiro filho se aproximando cada vez mais, já dá para imaginar que a preparação está a mil.

Em entrevista à revista Claudia, ela deixou claro que ficou nervosa ao descobrir a gravidez, mesmo sabendo que essa possibilidade existia, já que o casal não usava métodos contraceptivos há algum tempo.

Isis contou que, assim como Andressa Suita e Gusttavo Lima, planeja ter um parto natural humanizado, ou seja, sem intervenção cirúrgica. “Estou realizando encontros com uma doula. O natural é mais saudável tanto para o bebê quanto para a mãe”, explicou a atriz.

Quando se trata de amamentação, a atriz comentou que é contra ultrapassar os limites do corpo: “Sei que os primeiros 20 dias são importantes porque é o período em que você transmite os principais nutrientes para o recém-nascido, ajuda a construir a imunidade. Mas tem quem sofra com o peito rachado, sinta dor”.

“Quando eu era criança, minha mãe repetia que o mundo era dos homens. Aquilo sempre voltava à minha cabeça e eu ficava tentando compreender. Por isso, meu envolvimento com o feminismo começou cedo. Hoje, há mudanças reais por todo o planeta”, começou a contar Isis após ser questionada sobre como educará seu primeiro filho. “Para o meu filho, vou ensinar o respeito acima de tudo e a todos os gêneros”, disse, determinada.

Entenda o parto humanizado

Toda gestante que começa a ler sobre cuidados pré-natais e parto logo se vê diante da expressão parto humanizado. De cara, é bom entender que não se trata exatamente de um tipo de parto – é antes uma forma de se entender o momento do nascimento com foco nos dois personagens principais: a mãe e o bebê. Um cuidado em dar as boas-vindas a dois seres que estão vivendo um momento muito especial para ambos.

Em alguns hospitais, significa permitir que o bebê fique sobre a barriga da mãe por alguns minutos após o parto, antes de ser levado para o berçário, além de música na sala de parto e a presença de um acompanhante. Em alguns hospitais públicos significa salas de partos individuais, a presença de um acompanhante, alojamento conjunto, incentivo à amamentação, entre outros benefícios.

Não há uma definição formal sobre o termo, mas a ideia geral é que o parto seja o mais humano possível, para mãe e para o bebê. Um parto normal pode ser humanizado, assim como a cesárea. O que muda é o ambiente estar pronto para a chegada do bebê e para a mãe poder se preparar para dar à luz de maneira confortável e individual.

Leia também:

Isis Valverde está grávida do primeiro filho

Parto humanizado: dá para fazer pelo pelo SUS?

Andressa Suita posta fotos com detalhes do seu parto humanizado. Vem ver!