Família

Relato de mãe: “Perdi meu marido três dias após meu primeiro filho nascer”

Ela conseguiu superar as dificuldades se apoiando no amor pelo seu bebê

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

viuva2

(Foto: Divulgação)

Quando você perde alguém pode escolher parar no tempo ou lutar para tentar seguir com a vida. Jessica Ayers, escritora do site Popsugar, contou sobre sua experiência de perder o marido três dias após o nascimento do primeiro filho. Como amor de mãe é a maior força que existe, ela conseguiu superar a situação se apoiando no amor por seu bebê. Hoje, ela tem uma fundação para ajudar jovens viúvas a passar por dificuldades, como ela passou.

Confira agora seu relato sobre seu casamento e maternidade:

“Ali estava eu, com um bebê de três dias de vida nos braços, tremendo em meio ao caos que estava a minha casa. Abafados pelas portas do quarto, haviam sirenes, vozes e gritos que irão assombrar meus sonhos para sempre. Eu estava petrificada e em choque, e só o que meus olhos conseguiam ver era o rosto sem vida do único homem que amei a vida inteira, com os lábios brancos e o corpo estirado em uma posição incomum. ‘Não consegui sentir o pulso dele, mas ele tem que estar vivo’, eu dizia para mim. Um policial entrou devagar no quarto e caminhou até a minha cama. Com o canto dos olhos, eu conseguia ver os braços esticados da minha família tentando alcançar o meu filho. Quando as palavras ‘ele está morto’ chegaram aos meus ouvidos, tudo ficou escuro.

Os jornais descreveram como uma bala perdida, mas nós sabíamos a verdade. A bala que matou Justin foi contra qualquer lógica e, estatisticamente, tinha a probabilidade de um em um milhão. Bêbado, meu vizinho de quintal atirou com sua pistola semiautomática 9mm. A bala conseguiu atravessar a porta de tela, passou por dezenas de árvores a mais de 60 metros de casa. Ela passou pela nossa porta de vidro e cortinas e continuou a atravessar nossa sala até finalmente parar quando atingiu Justin na cabeça no momento exato em que ele levantou do sofá.