Maisa conta que o pai sofre racismo: “Ele sempre é o motorista”

A apresentadora conta as diferenças de tratamento que pai recebe ao se mudar para bairro “nobre”

“Na família do meu pai só tem eu e mais um primo de brancos”, disse Maísa (Foto: reprodução / Instagram)

Na última terça-feira, 3 de dezembro, a apresentadora Maisa, de 17 anos, fez relato, no Twitter, sobre o racismo sofrido por seu pai e as diferenças de tratamento comparado com a menina e a mãe, que são brancas.

-Publicidade-

“Na família do meu pai só tem eu e mais um primo de brancos. É osso o racismo, já passamos por muita coisa desde que nos mudamos para um bairro ‘nobre’. E você vê que não é a roupa, não é como a pessoa fala, eles vão pela cor de pele mesmo”, desabafou.

Maisa ainda foi indagada pelos internautas se ela se considerava branca ou parda, devido a ter um pai negro e uma mãe branca. A garota respondeu dizendo que nunca sofreu preconceito nenhum.

-Publicidade-

“Eu percebo a diferença do tratamento que as pessoas têm com o meu pai do que comigo e com minha mãe. Ele sempre é o segurança, motorista etc… Eu nunca sofri preconceito nenhum pelo tom da minha pele”, concluiu a apresentadora.

Maísa disse que ela e a mãe nunca sofreram preconceito no bairro que a família mora (Foto: reprodução / Instagram)

Leia também:

Grávida? Maisa fala sobre primeira gestação

Maísa mostra foto de infância ao lado de Luan Santana e não dá para acreditar como eles mudaram

Maisa posta foto com barriga falsa de grávida e fãs se assustam: “Mãe de menina”;

-Publicidade-