Família

Mulher trans amamenta o filho pela primeira vez depois de passar por tratamento e história viraliza

O processo chama indução à lactação

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

É a primeira vez que isso aconteceu e abriu precedentes enormes / imagem ilustrativa  (Foto: Getty Images)

A amamentação é um momento único e delicado, algumas mulheres passam por ela sem nenhum problemas e outras acabam tendo maiores dificuldades. E está tudo bem não ser como você esperava, você está fazendo o seu melhor. Mas esta história aqui é um pouco diferente.

Uma mulher trans (que nasceu no corpo de um homem e não se identificou com o sexo biológico) amamentou o filho pela primeira vez. Ela e a parceira engravidaram depois de uma inseminação artificial e elas já sabiam que não a amamentação seria complicada.

Só que o casal americano contou com uma ajuda muito especial e depois de um longo tratamento, elas conseguiram fazer com que a trans conseguisse fazer isso. A indução à lactação é normal de ser vista em mulheres que não engravidaram, mas isso só havia acontecido com mulheres que não haviam passado pela cirurgia de mudança de sexo.

Mas o casal entrou em contato com Centro de Medicina e Cirurgia para Transgêneros do Hospital Mount Sinai. E eles a colocaram em uma dieta pesada de hormônios. Segundo a revista Galileu, spironolactone, estradiol e progesterona, foram apenas alguns das substâncias ingeridas pela mais nova mãe.

Ela ainda tomou galactagoge e foi aconselhada a utilizar a bomba de tirar leite regularmente, já que o movimento estimula a produção de leite e do hormônio prolactina. E no final deu tudo certo. Foram mais de 30 dias de tratamento intenso e agora esse é o primeiro caso de mulher trans amamentando na literatura médica.

Leia também:

Homem trans dá à luz em São Paulo e esposa conta detalhes do parto

Filho de homem trans pode ser o primeiro bebê sem ter mãe na certidão na Inglaterra

Pai transgênero dá à luz e desabafa: “Eu não me vejo menos homem por causa da gravidez”