Criança

Mãe resolve não dar presente de Natal para os filhos e tem uma boa explicação para isso

Nada de árvore recheada de embrulhos esse ano!

Rhaisa Trombini

Rhaisa Trombini ,Edileyne e Geraldo

A família optou por não dar presentes de Natal aos filhos (Foto: Reprodução/ The Sun)

A família optou por não dar presentes de Natal aos filhos (Foto: Reprodução/ The Sun)

Kim Palmer tem 39 anos e é mãe de Kingsley, de 8 meses, e Louis, de 4 anos. A família vive em Sevenoaks, na Inglaterra, e adotou uma estratégia diferente para as festas de fim de ano. No Natal, criança do mundo inteiro ganham presentes dos pais como parte das comemorações, mas essa mãe não acredita que isso seja certo.

Ela e o marido, Simon, se recusam a dar presentes de Natal para os dois filhos. Segundo eles, essa prática pode deixa-los mimados. Na entrevista realizada pelo portal Fabulous Digital, durante a infância Kim recebeu presentes de Natal, normalmente, mas não vai fazer isso com os filhos.

Minha lista de Natal estava sempre cheia de brinquedos e bonecas, e na manhã de Natal eu acordava e descobria que todos os meus desejos haviam sido concedidos. Mas, ao abrir um presente após o outro, eu nunca verdadeiramente apreciei o que estava dentro. Em vez disso, já corria para o próximo.”

Ela quer passar os outros valores do Natal (Foto: Reprodução/ The Sun)

Ela quer passar os outros valores do Natal (Foto: Reprodução/ The Sun)

Quando o primeiro filho nasceu, ela decidiu, ao lado do marido, que ia ensina-lo a ser grato por tudo que ganhasse, então ele não receberia presente de Natal. O problema nunca foi dinheiro. “Meu marido é professor e eu sou diretora de estratégia e CEO de uma marca, então não teríamos problema em comprar para nossos filhos muitos presentes de Natal se a gente quisesse.”

Além disso, a mensagem de Natal que Kim deseja passar para os filhos vai além de presentes e de uma ceia farta. “O Natal não deve ser tudo sobre os presentes. Eu quero ensinar aos meus filhos o valor do dinheiro e criá-los para gostar de tudo o que lhes é dado.

Kim quer que os filhos tenha uma experiência real de Natal. Louis ainda acredita em Papai Noel e adora a data. A casa está toda enfeitada e a mãe quer que os filhos tenham uma noite inesquecível. Só não vão ganhar presentes dos pais. Os parentes ainda vão poder presentear os meninos, mas os pais aconselham que eles escolham coisas que os filhos realmente precisam.

Mas ela não deixou de decorar a casa (Foto: Reprodução/ The Sun)

Mas ela não deixou de decorar a casa (Foto: Reprodução/ The Sun)

O pai, Simom, apoia a mulher, mas se ele acha que algo vai agregar valor a vida dos meninos, ele irá comprar. “Eu deixo ele fazer isso, mas se sinto que meu marido está comprando algo desnecessário, ou não é benéfico para eles, então vamos discutir isso.”

Louis nunca perguntou por que nunca não ganha presente dos pais e, para ela, isso mostra o principal significado por trás de sua ação. “Crianças não se importam com quem da ou de onde os presentes vêm nessa idade.” Os filhos também não ganham presente de aniversário, mas ela sente que a tarefa está ficando mais difícil, uma vez que eles estão crescendo no mundo do consumismo. 

“É uma escolha que fizemos para criar nossos filhos. Em vez disso, tentamos nos concentrar em ter experiências juntos e fazer memórias como uma família, ao invés de fazer tudo sobre as coisas materiais.

Leia também:

Fuja do óbvio: viagens e passeios são ótimos presentes para crianças, dizem pesquisas

Mãe também é gente: você deve, sim, ganhar presentes

Junior Lima presenteia filho de Sandy com brinquedo que ninguém esperava