Primeiro corte de cabelo do bebê: dicas fáceis para fazer em casa

Veja o que você pode fazer para cortar o cabelo do seu filho com segurança (e sem chororô)

Seu filho cresceu e finalmente chegou a hora de cortar o cabelo pela primeira vez. E a questão do primeiro corte é muito pessoal: vai depender da quantidade de cabelo da criança e do gosto pessoal de cada mãe. Muitas mães também ficam com medo de machucar o filho ao cortar o cabelo pela primeira vez – nesse caso, levá-lo a um profissional é a melhor opção.

-Publicidade-
Tesoura Cortar Cabelo
Não existe uma “hora certa” para fazer o primeiro corte: tudo depende da quantidade de cabelo que o bebê tem  (Foto: Shutterstock)

Não existem regras para esse momento, mas pode ser que seja necessário cortar o cabelo do bebê logo nos primeiros 5 meses de idade, se ele tiver muito cabelo. Para os bebês com poucas mechas, o corte pode demorar mais de 10 meses para acontecer. A partir do quarto mês, o pescoço do neném já está mais firme e, consequentemente, mais fácil de fazer o corte e mais confortável para ele.

Distrair o bebê para que ele fique menos apreensivo é uma boa opção. Além disso, se decidir que quer fazer o corte em casa, priorize a segurança da criança ao usar a tesoura, cortando as mechas aos poucos. É recomendado descartar máquinas de cortar cabelo, máquinas de barbear ou navalhas em casa.

-Publicidade-

Antes de começar, coloque uma toalha no ombro dele para protegê-lo dos fios cortados e separe algodão e água para limpá-lo. Chamar alguém para te ajudar também pode facilitar muito esse trabalho. Sobre o corte, é importante saber que os bebês perdem muito calor por meio da cabeça e por isso talvez não seja ideal cortar muito curto.

Distrair o bebê, para que ele fique mais calmo, é sempre uma boa opção (Foto: iStock)

1. Molhe o cabelo do bebê

O primeiro passa é molhar o cabelo do bebê com um spray de água, espirrando-a cuidadosamente por todo o cabelo. Escolha um momento que você considere que seu bebê esteja mais relaxado e calmo para que essa não se torne uma experiência ruim para ele.

2. Separe as mechas mais longas

Com um pente de criança, separe as mechas mais longas com cuidado e as estique segurando com o indicador, na altura do seu coração. Deslize seus dedos para as pontas e corte as que mais se destacam. Repita esse movimento até que todas as mechas estejam com tamanho semelhante.

3. As costeletas

Uma vez que todo cabelo está com tamanho semelhante, você pode se concentrar nas costeletas. Cubra as orelhas do bebê para você se certificar de não assustá-lo com o barulho da tesoura e não correr o risco de, a qualquer movimento súbito dele, você possa machucá-lo. Nas laterais, incline um pouco a cabeça do bebê, mas o deixo confortável. Esses movimentos precisam ser leves e suaves.

Depois de finalizar o corte, a dica é dar um banho no bebê e lavar bem o cabelo (Foto: iStock)

4. A nuca

Agora que mechas estão iguais e as costeletas (ou patilhas ou as laterais do cabelo) estão ajustadas, é preciso finalizar o corte na parte do pescoço. Cuidadosamente, coloque o rosto do bebê para baixo para que você consiga os cabelos para cima, corte e após cortar veja se não há pontas sobressalentes. Repita esses movimentos até que você ache que está curto o suficiente ou se combina com o resto do cabelo. Você pode receber ajuda de outro cuidador, como pai ou avós, para conseguir manter a cabeçado pequeno para baixo.

5. Tchau, cabelo

Terminou o corte? Acredite, o melhor é dar um banho no bebê e lavar bem o cabelo. Desta forma, você vai evitar cabelinhos por todo o corpo ou roupa que podem incomodá-lo ao longo do dia. Como sempre, aproveite a hora do banho, mas se concentre em tirar os cabelos restantes.

-Publicidade-