Saiba como identificar o trabalho de parto

Acredite: as contrações podem te confundir!

(Foto: Shuttestock)
(Foto: Shuttestock)

A intenção da série de vídeos “Gravidez Sem Neura” é mostrar todas as opções que existem na hora do parto para que você tenha informação o suficiente e possa escolher o que você quer fazer. Além de tirar dúvidas frequentes que as mães têm.

Desta vez, falaremos sobre trabalho de parto porque a mulher costuma confundir as falsas contrações das verdadeiras. Conforme a data do parto for se aproximando, você poderá sentir que elas estão te incomodando um pouco mais que o normal e estão bem intensas.

Durante o trabalho de parto, as contrações serão fortes, repetitivas e persistentes. Mas isso não necessariamente significa que já é hora de ir para a maternidade. Muito disso depende de seu histórico médico. Isso porque, em geral, o segundo trabalho de parto tende a ter metade do tempo do primeiro.

Quando as dores começarem, é importante tentar manter a calma e relaxar o máximo possível. Isso manterá seus músculos mais soltos, ajudando no progresso do trabalho e aliviando um pouco.

Sinais de que o parto está de 24 a 48 horas para acontecer

Dor de barriga: Você pode ter diarreia um dia ou dois antes do parto. Essa é uma forma do corpo esvaziar o intestino para que o útero possa contrair bem.

Barriga bem baixa: Quando a cabeça do bebê cai na pélvis é sinal de que a hora do parto se aproxima. Como o peso do bebê já não está mais pressionando seu diafragma, você poderá respirar melhor.

Pico de energia: Você está exausta, mas de repente terá ânimo para fazer tudo o que se dispuser. A sensação é que você não quer sair de casa sem terminar todas suas pendências.

Veja o vídeo para saber mais sobre o assunto:

Leia também:

14 coisas que uma mulher pensa quando descobre que está grávida

7 coisas que as mulheres grávidas querem ouvir na real e sem mimimi

Um gif para cada signo: qual desenho representa o seu filho?