Criança é queimada depois do irmão acender repelente e médicos falam qual é o estado de saúde dele

O menino teve queimaduras nas mãos e no rosto e o irmão ficou em estado grave

O menino de 9 anos teve queimaduras nas mãos e no rosto (Foto: Getty Images)

Uma criança, de 9 anos, teve alta na última quarta-feira, 18 de dezembro, depois de sofrer queimaduras na segunda-feira, 16. O caso aconteceu no Bairro Parque São Geraldo, em Uberaba, Minas Gerais, depois de ter o rosto e as mãos atingidas por chamas.

-Publicidade-

O adolescente, de 13 anos, que acendeu um repelente, foi queimado na face, tronco, braços e pernas e ainda permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). De acordo com o G1, o estado de saúde do jovem é considerado estável.

Entenda o caso

Os irmãos estavam sozinhos em casa no momento do acidente (Foto: reprodução / G1)

No momento do acidente, os irmãos, que estavam em casa sozinhos, acenderam um repelente do tipo espiral e o adolescente, de 13 anos, jogou etanol no produto que já estava com fogo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, assim como informado ao G1, uma vizinha prestou socorro às vítimas.

Os dois, de início, foram encaminhados para a Unidade de Suporte Avançado (USA) e o jovem foi acompanhado pela mãe, em estado grave. A criança de 9 anos já recebeu alta e o adolescente segue internado na UTI.

Leia também:

Mulher sofre queimaduras pelo corpo em acidente doméstico após esgotamento materno

Bebê com meningite meningocócica passa mais de 100 dias internado e tem superação emocionante

Bebê que nasceu sem pele fica 11 meses internado e médicos tomam uma decisão