;
Criança

Crianças que convivem com os mesmos amigos da pré-escola têm notas mais altas

A notícia é de um estudo da Inglaterra

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

playing-with-the-best-friends-picture-id537451308-1

(Foto: Shutterstock)

Começar o ensino fundamental provavelmente vai ser bem assustador para o seu filho. Não se preocupe, isso é normal e acontece. Mas, de acordo com um novo estudo da Universidade de Surrey, na Inglaterra, as crianças devem mudar de escola junto com o melhor amigo nesta fase.

Após medir os efeitos da amizade em 593 alunos acima de 10 anos e questioná-los sobre as próprias amizades, os resultados foram publicados no British Journal of Educational Psychology e provaram que aqueles mantêm o melhor amigo se adaptam mais fácil às crianças mais velhas, possuem notas mais altas e se comportam melhor. Demais, não é mesmo?

Isso significa que continuar do lado do amigo de sempre oferece aos alunos certa estabilidade que os ajuda a se sair bem na escola. Mas, infelizmente, apenas cerca de 27% das crianças segue com os melhores amigos nessa fase. “As amizades mudam por muitos motivos, mas esta transição é provavelmente um grande fator para interrompe-las”, explica Terry Ng-Knight, autor do estudo.

Apesar dos vários benefícios, continuar com o melhor amigo infelizmente não reduz o risco de problemas emocionais de saúde mental. Por isso, vale lembrar que seu filho só deve manter relações com o amigo se ele fizer bem emocionalmente para ele. “As ‘amizades de baixa qualidade’ podem aumentar a chance de problemas emocionais à medida que as crianças envelhecem”, finalizaram os pesquisadores.

Leia também:

Escola é lugar de brincar, conversar e aprender

Na dúvida sobre qual escola escolher para o seu filho? A gente te ajuda!

Saiba o que fazer quando seu filho não quer ir à escola