Desabafo de mãe: “Parem de mandar seus filhos para a escola quando eles estiverem doentes”

Samantha Reynolds decidiu aconselhar outros pais após seu filho ficar com febre alta, causada por conviver com crianças que estavam doentes e foram para a escola

Resumo da Notícia

  • Samantha Reynolds fez uma publicação em seu Facebook para desabafar
  • Após o filho ficar com febre alta, ela disse que escolheu não mandar o menino para a escola
  • Samantha explicou que o filho provavelmente contraiu a doença na escola
Uma mãe expôs alguns pais após seu filho ficar com febre (Foto: Getty Images)

Uma mãe decidiu expor outros pais que levam os filhos doentes a irem para a escola. Em um desabafo no Facebook, Samantha Reynolds pediu para os pais manterem os filhos em casa quando estiverem doentes, após seu filho ficar com febre.

-Publicidade-

“Hoje de manhã eu acordei e percebi que meu filho não estava se sentindo bem. Medi a temperatura dele e uau: febre alta. Dei um remédio e adivinhem? Não mandei ele para a escola, mesmo que a febre tenha diminuído algumas horas depois, eu não o mandei para a escola”, conta.

“Eu perdi meu dia de trabalho sabendo que o bem-estar do meu filho e das crianças que frequentam a escola é mais importante do que o trabalho. Meu filho foi convidado para 3 festas de aniversário nesse fim de semana. Ele está muito animado para ir, mas infelizmente não poderá porque ele está doente”, ela continua.

-Publicidade-

“Eu sei que passar uma doença não seria um bom presente de aniversário, não importa o quanto ele fique chateado por não ir na festa. Sei que meu filho ainda pode transmitir uma doença até que fique totalmente sem febre, sem remédios por 24 horas”, explica. “Se meu filho ainda estiver com febre no domingo, ele também não irá para a escola na segunda-feira. Seja como eu”.

A publicação viralizou no Facebook, recebendo mais de 200 mil compartilhamentos e mais de 100 mil curtidas, com vários comentários de apoio para a mãe. “Gostaria que mais pessoas fossem como você! Menos crianças estariam na situação em que seu filho está atualmente”, disse uma seguidora. “Sim! Precisamos de mais mães como você!”, comentou outra mãe. “Sou enfermeira em uma escola e concordo totalmente com a sua publicação!”, disse outra usuária.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-