Criança

Luana Piovani volta a Portugal e compartilha problema com as crianças: “De novo”

Liz está com piolho de novo

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Luana Piovani e filhos (Foto: Reprodução / Instagram)

Luana Piovani, mãe de Dom, Bem e Liz, usou as redes sociais na última terça-feira, 17 de setembro, para contar que já está em Portugal, mas que infelizmente vai precisar lidar com um antigo problema paras as crianças da família: os piolhos.

A família ficou um tempo aqui no Brasil curtindo uma férias em Fernando de Noronha, ela e o pai das crianças, Pedro Scooby, resolveram se encontrar no nordeste para que os gêmeos pudessem ter uma festa de aniversário com toda a família reunida.

Mas agora, ela está se esforçando para se livrar dos piolhos. Ela publicou um vídeo a Liz dentro da banheira brincando com uma boneca e um pente e escreveu na legenda: “Lá vamos nós tentar matar os piolhos de novo”.

Luana Piovanni compartilhou que está tendo problemas com piolho (Foto: Reprodução/Instagram @luapio)

Essa não é a primeira vez…

Luana Piovani mora em Portugal com os filhos (Foto: Reprodução/Instagram)

Luana Piovani está sozinha em Portugal cuidando dos filhos e as tarefas não são poucas, mas a atriz não deixa a peteca cair! Luana sempre está presente na vida de Dom, Bem e Liz e faz questão de ser uma mãe superpresente na vida das crianças, fruto do relacionamento com o surfista Pedro Scooby.

Mas em junho deste ano, ela mostrou que rede de apoio é importante e tudo de bom! Graças a amiga Angelina, que fica com as crianças no dia a dia, ela consegue cumprir todos os compromissos. Os filhos pegaram piolho pela segunda vez e foram fazer um tratamento nos cabelos. De longe, Luana estava acompanhando tudo e compartilhou com os seguidores.

“Meus filhos estão com piolho pela segunda vez aqui em Portugal. A gente tinha combinado de fazer limpeza no domingo e na segunda vou tosar o cabelo de de todo mundo. Ela passou remédio nos cabelos deles e me mandou as fotos”, explicou Piovani mostrando as fotos das crianças que estavam se divertindo com o produto de cabelo. Olha só:

“Morte aos piolhos”, escreveu Luana Piovani na legenda do story (foto: reprodução / instagram)

Como evitar piolho?

Quem já pegou piolho na infância sabe: é incômodo, causa coceira e irritação. E geralmente passa de criança para criança na escola. Se seu filho aparecer em casa coçando a cabeça, examine bem e, se for o caso, compre produtos e acessórios específicos. Mesmo antes da coceira aparecer, dá para prevenir: “É importante utilizar um pente fino em todos os membros da família, principalmente se a escola detectar um contágio de piolho em algum aluno. Além de manter uma higiene regular dos fios”, explica a pediatra Gabriele Ulmer.

De acordo com a pediatra, o pente fino é o meio mais eficaz de combater o piolho e as lêndeas dos cabelos, porque consegue capturar os parasitas que estão presos entre os fios ou escondidos. Já o pente convencional não consegue ter esse alcance e o piolho vai continuar incomodando. “Se não for tratado adequadamente, pode trazer complicações mais sérias, como dermatite com lesões na região da cabeça e nuca e escoriações”, finaliza Gabriele.

Dá uma olhada nessas dicas:

Mantenha a distância – Durante o período de aula, evite brincadeiras ou contato cabeça com cabeça. Parece difícil, mas essa é a forma mais eficaz e rápida de prevenir os piolhos.

Cada um com seu – Procure não compartilhar objetos pessoais, como bonés, pentes e escovas de cabelo, roupas de cama e elástico de cabelo com outras pessoas. Se for necessário, use água quente para fazer a higienização dos objetos.

Sempre limpo – Para as meninas que têm cabelos compridos, mantenha-os sempre limpos. Deixar a maior parte do tempo preso também ajuda.

Caça aos piolhos – Faça vistoria no couro cabeludo e nos fios do cabelo dos seus filhos depois que eles voltarem da escola.

Fique por dentro do conteúdo do Youtube da Pais&Filhos:

Leia também:

Piolhos: 9 razões para você não perder a cabeça (sério!)

Aberta a temporada de piolhos! Saiba o que fazer se o seu filho pegar

Pesquisa aponta a presença de “super piolhos” nos Estados Unidos