Menina de 2 anos tem cabelo arrancado na creche e mãe desabafa: “Nunca me senti tão desamparada”

Chelsy postou o relato no Facebook

A menina teve os cabelos arrancados na escola (Foto: iStock)

Todos os pais esperam que a creche do filho seja um ambiente seguro e feliz. A ideia de um funcionário prejudicar uma criança é o pior pesadelo de qualquer mãe ou pai e, embora seja raro, incidentes de abuso acontecem.

-Publicidade-

Chelsy Cooper, mãe de Chyna, de 2 anos, passou por uma experiência horrível. Chelsy postou fotos no Facebook que mostravam a cabeça da filha com parte do cabelo faltando e um corte no lábio. De acordo com ela, a filha sofreu essas lesões durante um dia na creche Childtime, em Federal Way, Washington.

“Chorei tanto e nunca me senti tão desamparada em minha vida. Levei minha filha de 2 anos para a creche e ela voltou para casa assim. Ninguém sabe o que aconteceu com ela e não me deixam ver as câmeras de segurança para descobrir o que aconteceu”, ela escreveu em seu Facebook.

-Publicidade-
A publicação de Chyna viralizou e causou revolta (Foto: Reprodução / Facebook)

Chelsy disse que nenhum policial respondeu às suas ligações. O comandante da Federal Way, Kurt Schwan, disse ao Seattle Weekly que a Unidade de Crimes Pessoais de Investigações Criminais está investigando o incidente e os Serviços de Proteção à Criança foram notificados.

Lydia Cisaruk, diretora de comunicação da Childtime, disse: “Levamos nossa responsabilidade como cuidadoras muito à sério. Quando uma preocupação nos chama a atenção, realizamos uma revisão e tomamos as medidas apropriadas”.

“Relatamos a preocupação da Sra. Cooper ao Departamento de Crianças, Jovens e Famílias e não vimos nada que indicasse que o cabelo da criança tenha sido puxado ou que a criança tenha sido prejudicada de qualquer outra forma por alunos ou funcionários”, ela disse em um comunicado. “Acreditamos que nossos protocolos foram seguidos. Revimos o vídeo desse dia letivo para entender o que ocorreu e compartilhamos as imagens com as autoridades para tirarmos uma conclusão”.

Apesar de todo o ocorrido, Chelsy manteve Chyna na creche. “Estou fazendo tudo o que posso para que isso não aconteça novamente”, ela disse à KIRO 7. “Não posso deixar que isso seja esquecido”.

Leia também:

Menino volta da creche com cocô amarrado na mochila e mãe desabafa em vídeo: “Estou indignada”

Mãe desabafa sobre culpa após tratar depressão pós-parto: “Meu marido também precisa de descanso”

Mãe desabafa sobre filha que nasceu com anencefalia e o relato é emocionante

    -Publicidade-