Criança

Relato de mãe: “Fui tratada como criminosa porque não quis deixar meu filho fazer xixi na calça”

Caso aconteceu na Georgia, Estados Unidos

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Brooke Johns desabafou na internet (Foto: Reprodução / Facebook Brooke Schnitzler Johns)

Brooke Johns, grávida de 8 meses, tem um filho de 3 anos e pode ser presa por causa de um acidente que aconteceu com o menino, que está em fase de desfralde.

Durante um passeio de carro, ele disse que precisava fazer xixi. Brooke parou no posto de gasolina, porém o menino estava muito apertado e disse que faria na calça. Então, ela tomou uma atitude rápida: fez uma cabaninha e abaixou as calças dele para que ele pudesse se aliviar.

Um policial viu o que estava acontecendo e multou Brooke por desordem de conduta: “Ela permitiu que o filho urinasse no estacionamento do posto de gasolina. Eu vi os genitais do menino e ele estava urinando. Havia banheiros no local”, dizia a multa.

Ela postou seu desabafo no Facebook (Foto: Reprodução / Facebook Brooke Schnitzler Johns)

Brooke ficou indignada e desabafou em seu Facebook: “Fui tratada como uma criminosa só porque não quis deixar meu filho fazer xixi na própria roupa! Qualquer mãe ou pai faria o que eu fiz”, disse Brooke.

“Meu filho estava prestes a urinar na calça e, assim que eu tirei a roupa dele, ele começou a fazer xixi. Ainda fiz questão de cobri-lo para que não ficasse exposto aos outros. Não ia dar tempo de ir até uma loja!”, relatou nas redes sociais.