Criança gasta mais de R$30 mil com jogos no celular durante pandemia sem o pai saber

Ele tinha deixado a menina gastar 4.99 libras (R$ 33) para uma compra, mas foi surpreendido ao ver, um mês depois, quanto a garota tinha gasto

Resumo da Notícia

  • Criança gasta mais de R$30 mil com jogos no celular sem conhecimento do pai
  • O pai havia autorizado uma compra de 4.99 libras (R$ 33)
  • A menina, então, começou a gastar dentro do jogo sem ele saber
  • O jogo em questão se pronunciou sobre o caso
Criança gasta mais de R$30 mil com jogos no celular durante pandemia sem o pai saber (Foto: reprodução Pinterest)

Durante o isolamento social, muitas crianças estão passando mais tempo que o normal nos aparelhos eletrônicos. Apesar dos pais estarem ocupados com o home office e outras tarefas da casa, é muito importante se atentar com o que os filhos estão consumindo online. Esse pai é a prova disso. Steve Cumming, 72 anos, ficou chocado ao descobrir que a filha tinha gastado 4,642 libras (mais de R$ 30 mil), com um jogo online.

-Publicidade-

A menina, de 11 anos, começou a jogar ‘Roblox’ durante o isolamento social. No jogo, muito popular entre as crianças,  os jogadores brincam com os amigos e criam o próprio mundo virtual. O download do aplicativo é gratuito, mas as crianças podem gastar dinheiro enquanto jogam, para liberar itens e personagens.

Em entrevista à BBC, Steve disse que a filha pediu que o pai lhe desse 4.99 libras (R$ 33) para jogar e ele permitiu. A compra foi efetuada no cartão de crédito dele, no dia 16 de abril e, naturalmente, depois do ocorrido, Steve contou que não pensou mais no assunto. Foi então que, como não poderia ir até o banco devido à pandemia, o pai, que disse não ter muita familiaridade com a tecnologia, decidiu baixar o aplicativo para fazer as transações online. Quando fez o login, quase um mês depois do pagamento, Steve descobriu o quanto a filha tinha gasto.

-Publicidade-

No aplicativo, ele viu que mais de R$ 30 mil tinham sumido da conta e que ele já tinha entrado no cheque especial. Ele percebeu que havia centenas de cobranças entre 0,99 libras (R$ 6,5) e 9,99 libras (R$ 66,5) na fatura e descobriu que as compras tinham sido feitas no Roblox.

Assustado, ele ligou rapidamente no banco, pedindo o cancelamento do cartão. Depois de ficar sabendo do caso, a Roblox disse que irá reembolsar o pai. “Minha filha ficou muito chateada quando contamos a ela sobre os prejuízos financeiros”, disse.

Steve admitiu que não leu os termos e condições da venda quando permitiu que a filha gastasse inicialmente 4,99 libras em seu cartão de crédito, mas disse que ficou surpreso ao saber que em um jogo destinado para crianças fosse possível gastar várias libras em centenas de transações. A menina contou que achava que estava gastando dinheiro falso, “como no Monopoly”.

Em nota à BBC, a empresa comunicou que sempre tenta impedir esse tipo de situação. “Nós nos esforçamos para impedir compras não autorizadas, adotando medidas como não armazenar informações de cobrança e trabalhamos diretamente com os pais para fornecer reembolsos apropriados sempre que possível, como é o caso”, escreveu.

-Publicidade-