Mãe e filha passam pela mesma cirurgia e compartilham cicatrizes idênticas: “Me senti inspirada”

As duas tiveram que operar a coluna

As duas operaram escolioses ((Foto: Reprodução/Facebook Tanya Kater)

Uma mãe britânica, achou na filha a coragem para fazer uma cirurgia e agora as duas tem a mesma cicatriz. Tanya Kater tem 32 anos, mãe de Olivia, passou a vida toda lutando contra a dor causada por uma escoliose, uma doença que vai entortando a coluna.

-Publicidade-

Escoliose é uma curvatura anormal na coluna vertebral, o eixo central do esqueleto humano, e pode ter vários graus e incômodos diferentes, dependendo de pessoa para pessoa. Acontece que Olivia começou desenvolver a o problema na postura com cinco anos.

E, infelizmente, a escoliose da filha de Tanya era muito mais grave, a menina estava enfrentado muitas dores e dificuldades para respirar, os pulmões estavam começando a serem afetados pelo deslocamento da coluna. A mãe de Olivia disse ao The Sun: “Todos os principais órgãos de Olivia estavam em risco por causa da maneira como suas costas estavam se contorcendo.”

-Publicidade-

“A cirurgia foi a melhor opção e me senti inspirada a seguir em frente com a minha depois de ver como ela era corajosa.” Tanya só tomou conseguiu tratar da escoliose depois de que a filha conseguiu passar bem pela cirurgia:

“Ela ficava dizendo depois que ela cuidaria de mim como se eu tivesse cuidado dela. Olivia me inspirou a fazer a operação e eu continuei esperando que eu fosse tão forte quanto ela. O tratamento foi uma mudança de vida para nós dois. Não temos medo de mostrar nossas cicatrizes. Sempre que olhamos para elas, somos lembradas de como somos sortudas de estar aqui e ativas. ”

Tanya também contou ao jornal TheSun que a pior parte de tudo isso foi ver a filha sofrendo, sabendo que o que a menina estava sentindo, sem poder ajudar: “Eu sabia que a dor que ela estava dentro Eu sabia que seus ombros estavam doendo, suas pernas estavam doendo, seus músculos estavam queimando.”

A menina a e a mãe fizeram as duas cirurgias em menos de um ano, no fim de 2018 e em fevereiro de 2019. A cirurgia foi longa, os médicos precisaram quebrar as costelas da menina. Mas depois disso Olivia nunca mais reclamou de dores.

Tanya só fez a cirurgia porque a filha a encorajou (Foto: Reprodução/Facebook Tanya Kater)

Leia também:

10 fatos da relação entre mãe e filha que você não sabia

10 filmes para uma sessão mãe e filha

Sargento se emociona ao contar resgate de mãe e filha em Brumadinho

 

-Publicidade-